Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 29º

PS/Açores apoia propostas da coligação para recuperação de hospital

O PS/Açores vai apoiar as propostas da coligação PSD/CDS-PP/PPM que suporta o Governo Regional relativas à recuperação do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada, anunciou hoje a direção do grupo parlamentar.

PS/Açores apoia propostas da coligação para recuperação de hospital
Notícias ao Minuto

11:43 - 23/05/24 por Lusa

Política Açores

O grupo parlamentar socialista referiu em comunicado que irá "acompanhar as propostas para a recuperação e requalificação" do HDES (atingido por um incêndio no dia 04 de maio), que foram incluídas no Plano e Orçamento para 2024, em discussão desde terça-feira na Assembleia Regional, na cidade da Horta, na ilha do Faial.

"Na sequência do repto lançado pelo presidente do PS/Açores [Vasco Cordeiro] ao Governo Regional para que divulgasse, atempadamente, uma estimativa de custos para a recuperação do HDES e dos custos extraordinários para o funcionamento do Serviço Regional de Saúde (SRS), decorrentes da inoperacionalidade daquela infraestrutura, o executivo tornou público na manhã de ontem [quarta-feira] um valor aproximado de 24 milhões de euros", justificou o partido.

Segundo a nota, "face a esta situação, o PS, atendendo à urgência da normalização da prestação de cuidados de saúde na região, será parte da solução, como já anteriormente afirmado, viabilizando as propostas de alteração ao Plano e Orçamento para 2024 respeitantes ao HDES".

Para o PS/Açores, "é fundamental que as verbas agora estimadas para a recuperação do HDES sejam efetivamente usadas para esse fim, de forma a garantir a prestação de cuidados de saúde, com segurança e dignidade aos utentes do SRS".

A concluir, o partido lembra que, como afirmou desde a primeira hora, "sempre esteve e sempre estará, com responsabilidade, do lado das soluções que melhor servem os açorianos".

A estimativa preliminar de custos para o HDES, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, funcionar este ano é de 24,306 milhões de euros, revelou na quarta-feira a secretária regional da Saúde dos Açores.

"À data de hoje, e assumindo que se trata de uma estimativa preliminar que naturalmente será detalhada pelo grupo de trabalho criado para este fim, o valor identificado que permite ao HDES assumir os serviços prestados à comunidade é de 24 milhões e 306 mil euros para o ano de 2024", disse Mónica Seidi.

A governante falava no parlamento regional, no segundo dia do debate sobre o Plano e Orçamento do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) para 2024.

"Reitero que este é um valor preliminar, que diz respeito a despesas relacionadas com reparações e despesas de funcionamento", sublinhou.

Mónica Seidi frisou que é necessário proceder à reparação do HDES "para que, mesmo com limitações, seja possível parte do seu funcionamento".

O HDES sofreu um incêndio no dia 04 de maio, que o deixou sem atividade e obrigou à transferência de todos os doentes que estavam internados para outras unidades de saúde dos Açores, da Madeira e do continente.

O incêndio na maior unidade de saúde do arquipélago deflagrou pelas 09:40 locais (10:40 em Lisboa) e só foi declarado extinto às 16:11.

O fogo, em investigação, terá tido origem num quadro elétrico, que, segundo a administração, tinha as vistorias em dia.

Na terça-feira, o presidente do executivo açoriano, José Manuel Bolieiro, anunciou que o Governo da República assumiu a comparticipação de 85% dos custos com a reabilitação do equipamento.

Leia Também: Manifesto pede paridade nos 50% para parlamento e governos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório