Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

25 de Abril. Marcelo fez "discurso de união em torno destes 50 anos"

O PS considerou hoje que o discurso do 25 de Abril do Presidente da República foi de "união em torno destes 50 anos", concordando que "por mais imperfeita que seja a democracia é sempre melhor do que qualquer ditadura".

25 de Abril. Marcelo fez "discurso de união em torno destes 50 anos"
Notícias ao Minuto

15:24 - 25/04/24 por Lusa

Política 25 de Abril

"O 25 de Abril tem que ser uma data de união, a cerimónia aqui na Assembleia da República representa essa união da democracia e do regime em que vivemos. É este o regime felizmente em que vivemos e que 25 de Abril criou. Quem quer outro regime está no sítio errado", defendeu a líder parlamentar do PS, Alexandra Leitão, em declarações aos jornalistas no final da sessão solene de comemoração dos 50 anos da Revolução dos Cravos.

De acordo com a socialista, foi nessa linha que Marcelo Rebelo de Sousa fez um discurso de "um percurso histórico, de forma analítica destes 50 anos, referindo personalidades de vários quadrantes políticos".

"E nesse sentido foi um discurso de união em torno destes 50 anos", considerou.

Alexandra Leitão salientou uma frase do Presidente da República neste discurso: "por mais imperfeita que seja a democracia é sempre melhor do que qualquer ditadura".

"É a frase que temos que tirar daqui. Hoje não é dia para dizer o que corre mal na nossa democracia - correm algumas coisa mal - mas qualquer democracia é sempre melhor que a ditadura, a liberdade é sempre melhor que a opressão e a solidariedade é sempre melhor do que a divisão", enfatizou.

Para a deputada e dirigente socialista, "a democracia é algo que se constrói diariamente"

A líder parlamentar do PS defendeu que "é sempre uma alegria enorme festejar o 25 de Abril, esse dia inicial da democracia, da igualdade, da liberdade", considerando que estes 50 anos de democracia são de sucesso.

O Presidente da República defendeu hoje a escolha pela democracia, mesmo que imperfeita, contra a ditadura, argumentando que são democracias as sociedades mais fortes e lembrando que antes do 25 de Abril não havia um hemiciclo de escolha popular.

"Tenhamos a humildade e a inteligência de preferir sempre a democracia, mesmo imperfeita, à ditadura", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, na sessão solene comemorativa do 50.º aniversário do 25 de Abril na Assembleia da República.

Leia Também: Marcelo de cravo na lapela na sessão solene com Cavaco e Durão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório