Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Congresso do CDS-PP decorre hoje e amanhã (para reeleger Nuno Melo)

O CDS-PP reúne-se hoje e domingo em congresso para reeleger Nuno Melo como presidente e escolher os novos órgãos, cerca de um mês depois das legislativas que marcaram o regresso do partido ao parlamento e ao Governo.

Congresso do CDS-PP decorre hoje e amanhã (para reeleger Nuno Melo)
Notícias ao Minuto

06:44 - 20/04/24 por Lusa

Política CDS-P

O 31.º Congresso dos centristas vai decorrer no Pavilhão Cidade de Viseu, e o início dos trabalhos está marcado para as 10:00, com a intervenção do presidente do congresso, José Manuel Rodrigues.

Os trabalhos prosseguem com a apresentação dos relatórios de atividade do Conselho Nacional de Jurisdição, da Secretaria-geral e da Comissão Política Nacional.

Ainda de manhã está prevista a apresentação e votação da proposta de nova Declaração de Princípios do CDS-PP, elaborada por um grupo liderado por António Lobo Xavier. O documento tem como título "Livre, democrático e social" e visa atualizar o texto originário, de julho de 1974.

Entre as novidades da nova Declaração de Princípios, apresentada em setembro, está a rejeição dos populismos e a garantia de que o CDS respeita as "orientações pessoais".

O texto, atualizado 50 anos depois da fundação do partido, será apresentado pelo presidente do congresso, José Manuel Rodrigues, que é também líder do CDS/Madeira e presidente do parlamento regional.

O atual presidente do CDS-PP, Nuno Melo, que se recandidata à liderança do partido, sem oposição, deverá falar ao congresso cerca das 12:30, para apresentar a sua moção de estratégia global.

A moção de estratégia global de Nuno Melo é intitulada "Tempo de Crescer". Também a Juventude Popular, estrutura que representa os jovens centristas, apresentou a moção "Assegurar o Futuro".

No documento, o líder centrista defende que proclamar o desaparecimento do partido foi "uma avaliação precipitada" e assume querer lançar "um projeto realista, mas confiante, de consolidação e crescimento".

A discussão das moções, documento que tem como objetivo "fixar a orientação geral do partido", vai decorrer até às 21:30, seguindo-se a votação.

Nuno Melo, ex-eurodeputado e atualmente ministro da Defesa Nacional, lidera o CDS-PP desde 2022 e recandidata-se para um mandato de mais dois anos, até 2026.

De acordo com fonte oficial do partido, marcarão presença no congresso os ex-presidentes José Ribeiro e Castro e Manuel Monteiro, mas ainda "poderão haver mais confirmações".

O programa do primeiro dia da 31.ª reunião magna inclui também a apresentação das três moções de estratégia setoriais: "Agricultura e ambiente - uma aliança virtuosa para a mitigação das alterações climáticas"; "A direita da sustentabilidade"; "A necessidade de 'marketing' urgente".

Os trabalhos terminam com a apresentação, discussão e votação das propostas de alteração aos estatutos do partido.

De acordo fonte da organização do congresso, estarão presentes cerca de 1.300 delegados.

Leia Também: PCP apresenta medidas para "inverter a degradação" do SNS

Recomendados para si

;
Campo obrigatório