Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 22º

Votação antecipada decorre com fluxo contínuo e organizado no Porto

A votação antecipada que hoje decorre no Palácio de Cristal, no Porto, decorreu durante a manhã com um fluxo contínuo e organizado, sem filas, nas 30 mesas dispersas pela Arena Superbock e no piso inferior do edifício.

Votação antecipada decorre com fluxo contínuo e organizado no Porto
Notícias ao Minuto

12:46 - 03/03/24 por Lusa

Política Legislativas

Cerca das 10:00, tinham já exercido o seu direito de voto 650 eleitores, o que corresponde a cerca de 07% dos 9.200 inscritos, segundo disse à agência Lusa o diretor municipal da presidência, Adolfo Sousa.

No Porto, "decidiu-se concentrar a votação no Palácio de Cristal, por existirem melhores condições, não será por falta de condições que não votam", sublinhou Adolfo Sousa.

Na última votação, em tempo de pandemia, em 2022, inscreveram-se 17 mil eleitores, distribuídos por oito assembleias de voto, em cada uma das freguesias e na Arena.

Ao longo da manhã, jovens e menos jovens, sozinhos ou em grupo, muitos em família, entravam no Palácio de Cristal e eram rapidamente encaminhados para as respetivas mesas de voto, com cerca de 300 eleitores cada uma.

A Lusa constatou no local a participação de eleitores de Bragança, Viseu, Faro, Madeira e Açores.

Maria Moniz, estudante deslocada, da Ilha de S. Miguel, Açores, a fazer mestrado em Educação, no Porto, não queria "perder a oportunidade de votar".

"Está tudo muito bem organizado, não esperei nada, cheguei e votei", disse a jovem, que estava acompanhada por uma conterrânea a trabalhar no Porto, na área dos Recursos humanos.

Um outro grupo de estudantes universitários deslocados, uma dos Açores e quatro da Madeira, manifestaram o seu agrado por poderem votar antecipadamente, uma vez que não vão estar nas suas residências no dia 10.

"Foi tudo muito rápido e muito simples", disseram à Lusa.

Também dos Açores, um casal de idosos, que se encontra no Porto por razões de saúde, sem data fixa para regressar, optou pela votação antecipada: "Assim, já ficamos despachados", disseram.

Já Elsa Oliveira, natural do Porto, optou por votar antecipadamente por comodidade.

"Este fim de semana, a minha filha está com o pai e no próximo está comigo. Achei mais confortável, para mim, votar hoje", afirmou.

A seu lado estava Rui Brito, que veio só acompanhar Elsa Oliveira, uma vez que vai votar no dia 10.

"O meu voto vai valer por dois", ironizou.

O número total de eleitores que pediu para votar hoje, 208.007, é inferior ao das legislativas de 2022 (315.785 inscritos), mas muito superior aos inscritos nas legislativas de 2019 (56.291).

O chamado voto em mobilidade permite aos eleitores votarem uma semana antes num concelho à sua escolha. Se não o fizerem, podem fazê-lo no dia das eleições, ou seja, no dia 10.

Mais de 10,8 milhões de portugueses são chamados a votar na escolha de 230 deputados à Assembleia da República.

A estas eleições concorrem 18 forças políticas - 15 partidos e três coligações.

Leia Também: Eleitores em Faro elogiam organização do voto antecipado em mobilidade

Recomendados para si

;
Campo obrigatório