Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 28º

"Rocha e Montenegro formam uma fortaleza". IL sai à rua pela primeira vez

Ao terceiro dia de campanha oficial para as legislativas de março, e após dois dias de reuniões com empresários, o presidente da IL saiu à rua em Faro e ouviu que "Rocha e Montenegro formam uma fortaleza".

"Rocha e Montenegro formam uma fortaleza". IL sai à rua pela primeira vez
Notícias ao Minuto

21:34 - 27/02/24 por Lusa

Política Iniciativa Liberal

Durante cerca de uma hora, Rui Rocha, acompanhado por uma comitiva de mais de duas dezenas de apoiantes, foi entrando numa e noutra loja da principal rua comercial de Faro para perceber como estava a correr o negócio.

Desde os vinhos aos produtos artesanais, as queixas eram recorrentes e todas iam no sentido de "isto estar mau para o negócio" e muito perto da extinção do comércio tradicional, fruto dos parquímetros instalados nas imediações daquela artéria e do reduzido poder de compra dos portugueses.

Por isso, ao passar pela Farmácia da Baixa, o dirigente liberal resolveu entrar para perguntar se vendiam algum medicamento para os problemas do país, nomeadamente na área da saúde, mas saiu de "mãos a abanar".

"Os políticos são os que têm de resolver os problemas", atirou uma farmacêutica para, logo de seguida, Rui Rocha apressar-se a dizer que está a concorrer às eleições antecipadas de março precisamente para isso.

"Há um problema de falta de poder de compra, é preciso colocar dinheiro no bolso dos portugueses e temos propostas para isso, nomeadamente baixar o IRS", afirmou.

De saída, e perante os olhares curiosos dos turistas que ocupavam as esplanadas dos cafés, o dirigente liberal cruzou-se com um dentista que lhe garantiu o voto no dia 10 de março.

"Tenho uma profissão liberal, por isso, tem o meu voto", afirmou Pedro Dominguez.

João Monteiro, que seguia com o amigo dentista e que não revelou o seu sentido de voto aproveitou, contudo, para elogiar o desempenho de Rui Rocha nos debates realizados com os outros líderes políticos.

Além do voto de Pedro Dominguez, o presidente da IL contará certamente ainda com o da Irina Santos, a trabalhar numa loja de produtos artesanais portugueses.

"Este ano estou a pensar votar IL", atirou Irina Santos, sem contar em quem votou nas últimas legislativas.

De forma apressada e na direção oposta aquela que seguia a IL, o liberal cruzou-se com um senhor que, dando-lhe um aperto de mão, atirou que "Rocha e Montenegro [líder do PSD] formam uma fortaleza" arrancando-lhe um sorriso.

"É bom ver que há pessoas que se reveem na IL e que acreditam que podemos mudar o país", considerou Rui Rocha.

Apesar destas manifestações de intenções de voto, Rui Rocha conversou ainda com um comerciante, que partilhando o mesmo apelido, lhe disse que não iria votar nas legislativas por estar "desiludido", apontando para o encerramento ao fim de 45 anos da loja de fotografia de que é proprietário.

Antes de rumar a Lisboa, onde passará o quarto dia de campanha eleitoral, o liberal entrou numa pastelaria para levar à mulher, que deu aulas em Faro, os doces tradicionais do Algarve - Dom Rodrigo e, entrando para o lado de dentro do balcão da pastelaria, assumiu o papel de funcionário e foi perguntando o que desejavam os clientes.

"O que querem? Vamos fazer negócio?", questionou para, perante as queixas sobre o preços daqueles doces, reafirmar que a proposta de descida do IRS é fundamental.

Mais de 10,8 milhões de portugueses são chamados a votar em 10 de março para eleger 230 deputados à Assembleia da República.

A estas eleições concorrem 18 forças políticas, 15 partidos e três coligações.

Leia Também: Rui Rocha acusa Governo PS de ter abandonado o setor da saúde

Recomendados para si

;
Campo obrigatório