Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 30º

Raimundo aposta em recuperar deputado em Évora e evoca legado de Abril

O secretário-geral do PCP enfatizou hoje a importância de recuperar para a CDU o deputado pelo distrito de Évora e defendeu o mérito da cabeça de lista Alma Rivera, num discurso preenchido com o legado do 25 de Abril.

Raimundo aposta em recuperar deputado em Évora e evoca legado de Abril
Notícias ao Minuto

22:13 - 24/02/24 por Lusa

Política CDU

vora e as suas gentes não perderam completamente a sua voz nestes últimos dois anos porque a CDU, apesar de não ter conseguido eleger deputados, não abandonou o combate na Assembleia da República. A Alma Rivera e os nossos deputados nunca faltaram à chamada e as populações vão reconhecer esse nosso esforço. Eleger a Alma Rivera é o desafio que está colocado a todos os democratas", disse Paulo Raimundo.

Na última intervenção de um dia no qual passou também por Avis e Évora, o líder comunista reiterou que a CDU (Coligação Democrática Unitária, que junta PCP e PEV) é "a única garantia de retomar o trilho" de Abril, apontando o espírito da revolução de 1974 como a "força transformadora" das suas propostas para os salários, as pensões, a saúde, a habitação, os jovens ou a paz, entre outras áreas.

"Para uma vida melhor não é preciso construir a roda. É na revolução, na Constituição que está o mapa. Conhecemos bem as capacidades do país e, acima de tudo, confiamos na força que o nosso povo tem, este povo que levou por diante a revolução de Abril, esse Abril que está bem vivo", realçou, numa sala repleta com cerca de 200 apoiantes.

O secretário-geral do PCP reivindicou ainda o passado do partido para renovar o combate à direita: "Não há outra força capaz de enfrentar a direita como o PCP e a CDU. São mais de 100 anos de experiência de combate. É aqui que está a única garantia de combate à direita. Lutámos e demos a vida pela liberdade e pela revolução".

Antes de Paulo Raimundo foi a vez de Alma Rivera se dirigir aos militantes comunistas presentes no jantar para destacar a diferença que um deputado comunista eleito por Évora pode fazer, algo que escapou à CDU em 2022 e que a deputada eleita na última legislatura pelo círculo de Lisboa espera agora recuperar.

"A força com que a CDU sair das eleições é a força que o povo vai ter para fazer valer os seus direitos e fazer a sua vida andar para a frente. Quando a CDU teve mais deputados isso fez a diferença na vida de cada um. Reconquistar o deputado pela CDU é absolutamente imprescindível para que Évora recupere voz na Assembleia da República e para que o país volte a ter políticas para fixar as populações no território", referiu.

Alma Rivera considerou mesmo que os deputados de PS e PSD eleitos por Évora em 2022 "valeram zero para o distrito" e manifestou confiança na sua eleição para o parlamento.

"O povo do Alentejo sabe que nada aqui caiu do céu. Vamos lutar para ter um grande resultado no dia 10 para recuperar o deputado pelo distrito de Évora. Será um deputado que trará os problemas do distrito para a Assembleia da República. Vamos todos construir esse resultado, é possível e neste momento está tudo em aberto. Com certeza cada um de nós vai fazer um grande trabalho, porque a razão está do nosso lado", finalizou.

Leia Também: Direita ou maioria do PS? PCP diz que pessoas têm razões para desconfiar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório