Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Parceria entre Portugal e Espanha? "É determinante para o futuro"

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), Pedro Nuno Santos, esteve reunido com o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez. 

Parceria entre Portugal e Espanha? "É determinante para o futuro"
Notícias ao Minuto

12:56 - 30/01/24 por Notícias ao Minuto

Política Pedro Nuno Santos

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), Pedro Nuno Santos, afirmou, esta segunda-feira, que a parceria entre Portugal e Espanha "é determinante para o futuro" dos dois países - após um encontro com o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez. 

"É o trabalho que queremos continuar a fazer, de aprofundamento entre o Partido Socialista e PSOE, entre Portugal e Espanha", afirmou Pedro Nuno Santos. O secretário-geral do PS referiu ainda que os dois partidos "têm uma preocupação comum" que é a "ameaça da extrema direita do populismo". 

Pedro Nuno salientou que "há um trabalho permanente entre estes dois governos [de Portugal e Espanha]" devido a vários "dossiês bilaterais". "A importância destes dois governos conseguirem trabalhar bem e em parceria é determinante para o futuro de Portugal e de Espanha", destacou Pedro Nuno Santos. 

O líder do PS referiu ainda que, para além do trabalho entre os dois países, Portugal e Espanha têm ainda em comum "um trabalho conjunto em relação à Europa que nós queremos". "Os desafios são muito grandes e conseguirmos ter Portugal e Espanha a trabalhar em conjunto na frente europeia é muito importante", afirmou. 

Pedro Nuno Santos salientou ainda que Portugal e Espanha são os países da UE que mais cresceram no ano passado. "Portugal está no topo no que diz respeito ao crescimento económico", afirmou.

As declarações de Pedro Nuno Santos foram feitas à margem de um encontro, em Madrid, com o líder socialista do governo espanhol, Pedro Sánchez, onde analisaram o combate à extrema-direita e a articulação de posições na União Europeia.

Este encontro com o presidente do governo espanhol e líder do PSOE foi o primeiro de caráter internacional desde que Pedro Nuno Santos foi eleito secretário-geral do PS no passado dia 16 de dezembro, sucedendo nesse cargo ao primeiro-ministro, António Costa.

Leia Também: Sánchez e Pedro Nuno Santos discutem Europa e combate à extrema-direita

Recomendados para si

;
Campo obrigatório