Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 14º

Em discurso de apoio, Manuel Alegre dá conselhos e deixa pedido a PNS

O histórico socialista considerou que "é preciso ganhar mais do que as eleições do partido e mais do que as eleições do país".

Em discurso de apoio, Manuel Alegre dá conselhos e deixa pedido a PNS
Notícias ao Minuto

19:46 - 10/12/23 por Notícias ao Minuto

Política Manuel Alegre

O histórico socialista Manuel Alegre reiterou, este domingo, o seu apoio a Pedro Nuno Santos na corrida à liderança do Partido Socialista (PS), alertando-o para a necessidade de "ganhar a Democracia". Num emotivo discurso, o antigo deputado pediu ainda que Pedro Nuno Santos tenha "grandeza de espírito".

"Meu caro Pedro Nuno, a tarefa que tens pela frente não é fácil. Vivemos um mundo perturbado com duas guerras, com ameaças da recessão no horizonte e um surto inflacionista ainda não vencido", referiu no seu discurso, num evento em Coimbra.

"Aquilo que eu te peço é que sejas tu próprio, que tenhas grandeza de espírito, que tenhas atenção ao povo e não percas a tua generosidade", acrescentou.

O antigo candidato presidencial alertou que Portugal já não está na "era otimista da Democracia", mas sim no "tempo da desconstrução da Democracia por dentro, minada por forças populistas e de extrema-direita que aproveitam os erros cometidos pelos partidos tradicionais". 

"A incapacidade de resolver o problema da desigualdade e as confusões entre negócios e política são terreno propício ao crescimento da extrema-direita e ao crescimento do populismo", frisou, acrescentando que a "missão política" do partido Chega é "minar por dentro a Democracia".

"Uma das razões por que estou aqui é porque estou convencido de que tu [Pedro Nuno Santos] não partes derrotado para as próximas eleições. Queres ganhar as eleições do partido e queres ganhar as do país. Mas digo-te: é preciso ganhar mais do que as eleições do partido e mais do que as eleições do país. É preciso ganhar a Democracia", atirou.

Sublinhe-se que as eleições para a liderança do PS realizam-se a 15 e 16 de dezembro. Além de Pedro Nuno Santos, na corrida estão também José Luís Carneiro e Daniel Adrião.

Leia Também: "Não sou radical nem moderado. Tenho convicções"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório