Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 15º

Aeroporto? "Se for primeiro-ministro, será uma das primeiras decisões"

As palavras são do presidente do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro, enquanto a comissão técnica independente (CTI) apresenta os resultados do relatório encomendado pelo Governo.

Aeroporto? "Se for primeiro-ministro, será uma das primeiras decisões"
Notícias ao Minuto

16:11 - 05/12/23 por Inês Frade Freire com Lusa

Política Luís Montenegro

Enquanto a comissão técnica independente (CTI) apresenta os resultados do relatório encomendado pelo Governo, que vai servir de base à decisão sobre a localização do novo aeroporto de Lisboa, o presidente do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro, afirmou, esta terça-feira, que "se for primeiro-ministro, será uma das primeiras decisões a tomar". 

"Se for primeiro-ministro, como espero, será uma das primeiras decisões que vamos tomar. É esta de escolher a localização do novo aeroporto e encetar todos os procedimentos para a sua execução. Naturalmente com o desejo de que o principal partido na oposição, que antecipo que seja o PS, também possa colaborar connosco", frisou, em declarações aos jornalistas, após uma reunião com o bastonário da Ordem dos Médicos, em Lisboa.

O líder social-democrata, para quem a decisão deve ser tomada pelo próximo Governo após as eleições legislativas de 10 de março, anunciou que o PSD vai criar "ainda hoje" um grupo de trabalho interno para acompanhar este "e outros projetos de infraestruturas" e que visa "dialogar com o Governo" e com os partidos da oposição, em particular com o PS.

"Para podermos estar em condições, ato imediato à instalação de um novo Governo e de uma nova Assembleia da República, de desenvolver, concretizar, levar ao terreno os objetivos de criação infraestrutural, de capacidade para servir a sociedade e a economia portuguesa, e o novo aeroporto é um desses elementos", acrescentou.

De acordo com Montenegro, "o poder político tem o dever de analisar, de aprofundar a avaliação técnica que foi feita para tomar uma decisão". No entanto, lembra, "não é a comissão técnica que tem de tomar uma decisão, tem é que nos habilitar com os elementos nos quais vamos basear a nossa decisão e é isso que vamos fazer.

Em tom de alerta ao país, Montenegro frisou ainda: "se começarmos todos os dias, cada um de nós, a dar o seu palpite sobre a conclusão que tira da avaliação técnica que nos foi agora remetida, não vamos criar o terreno que o país precisa para tomarmos uma decisão ponderada, amadurecida e que possa ser o mais consensual possível".

"A decisão só vai ser tomada pelo próximo Governo, o que eu estou a fazer é ganhar tempo, é fazer já, mesmo não sendo o Governo, a avaliação que o meu partido prometeu fazer da informação técnica que foi agora veiculada", acrescentou ainda.

De recordar que a comissão técnica independente (CTI), que estudou a solução para o novo aeroporto de Lisboa, está a apresentar, esta terça-feira, o relatório técnico preliminar, que será a base para uma decisão, e que deverá ficar para o novo Governo.

Este relatório, refira-se, é mais um passo num tema com mais de 50 anos, que já foi alvo de vários estudos. Esta manhã, a CNN Portugal e a SIC Notícias avançaram que a comissão recomenda Alcochete como a melhor opção. 

A presidente da CTI, Rosário Partidário começou por dizer que a comissão técnica foi alvo de "muitas pressões, mas do Governo nem uma" - e agradeceu por isso.

[Notícia atualizada às 16h32]

Leia Também: Novo aeroporto? "Tivemos muitas pressões, mas do Governo nem uma"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório