Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

"Um homicida não é menos homicida por ser português ou estrangeiro"

O ex-parlamentar Duarte Marques criticou o facto de o "debate" ter sido colocado, "tanto por racistas, como pela gente decente, como um tema de migrações".

"Um homicida não é menos homicida por ser português ou estrangeiro"
Notícias ao Minuto

08:44 - 29/03/23 por Notícias ao Minuto

Política Duarte Marques

O ataque que, na manhã de terça-feira, vitimou mortalmente duas mulheres tem motivado inúmeras reações políticas. Uma delas veio do antigo deputado do PSD Duarte Marques, que considerou que um "homicida não é menos homicida por ser português nem mais por ser estrangeiro".

Lembrando que este homicídio foi "perpetrado por um indivíduo, neste caso estrangeiro", o ex-parlamentar criticou o facto de o "debate" ter sido colocado, "tanto por racistas, como pela gente decente, como um tema de migrações".

Na manhã de terça-feira, recorde-se, um homem de nacionalidade afegã tirou a vida a duas mulheres portuguesas no Centro Ismaili, na Avenida Lusíada, em Lisboa. O agressor foi baleado na perna pelas autoridades policiais, tendo já sido submetido a uma intervenção cirúrgica. De momento, encontra-se estável.

Horas depois do sucedido, sabe-se agora que o autor do ataque trata-se de Abdul Bashir, que perdeu a mulher num incêndio num campo de refugiados em Lesbos, residindo agora em Lisboa com os seus três filhos.

O acontecimento provocou consternação no seio da comunidade ismaelita em Portugal, com o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, a ter-se disponibilizado para ser ouvido no Parlamento sobre o tema.

Leia Também: AO MINUTO: Portugal "é um país pacífico"; Ataque foi "ato isolado"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório