Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 29º

JMJ. Chumbada audição do atual e ex-presidentes da Câmara de Lisboa na AR

A comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto chumbou hoje o requerimento da Iniciativa Liberal (IL) a pedir a audição do atual e do antigo presidente da Câmara de Lisboa a propósito da Jornada Mundial da Juventude.

JMJ. Chumbada audição do atual e ex-presidentes da Câmara de Lisboa na AR
Notícias ao Minuto

15:08 - 08/02/23 por Lusa

Política JMJ

O requerimento da Iniciativa Liberal foi reprovado pela maioria, com os votos contra do PS e PSD e a favor da IL e Chega.

No requerimento, era solicitada a audição do presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas (PSD), e do anterior, Fernando Medina (PS), assim como do coordenador do Grupo de Projeto para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, José Sá Fernandes, para prestarem esclarecimentos sobre o ajuste direto para a construção do altar-palco para o Papa, indicando o valor de 4,2 milhões de euros.

A IL "considera da mais elementar relevância ouvir aqueles que são os intervenientes, para que estes tenham oportunidade de clarificar toda a cronologia relativa à organização da JMJ 2023 e ao altar-palco onde se vai celebrar parte do evento", é referido no requerimento.

A Iniciativa Liberal tem dúvidas quanto à contratação da empreitada à Mota-Engil por ajuste direto, uma vez que o evento foi atribuído a Lisboa em 2019 e deveria ter-se realizado em 2022, vindo depois a ser adiado para 2023 devido à pandemia de covid-19.

"Seria, por isso, expectável que as entidades envolvidas na sua organização tivessem tido tempo suficiente para organizar este evento com a maior previsibilidade e com os menores custos financeiros possíveis", defenderam os deputados liberais.

Além disso, sustentaram, a obra "terá de estar concluída em 150 dias, pois as jornadas têm data marcada para 01 a 06 de agosto".

Apesar de os municípios e o Governo terem anunciado há meses os valores previstos, os custos do evento têm suscitado polémica nos últimos dias, desde que foi conhecido que a construção do altar-palco no principal local do vento (Parque Tejo) ascenderá a 5,3 milhões de euros. A obra já foi adjudicada à Mota-Engil pela Câmara de Lisboa.

A JMJ é o maior encontro de jovens católicos de todo o mundo com o Papa, que acontece a cada dois ou três anos, entre julho e agosto.

Considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, o encontro vai realizar-se este ano em Lisboa, entre 01 e 06 de agosto, sendo esperadas cerca de 1,5 milhões de pessoas.

As principais cerimónias da jornada decorrem no Parque Tejo, na zona norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures.

As jornadas nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

Leia Também: JMJ. Assembleia Municipal de Lisboa aprova empréstimo até 15,3 milhões

Recomendados para si

;
Campo obrigatório