Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

"Há famílias e instituições a rebentar pelas costuras"

Pedro Santana Lopes considera que “há famílias e instituições que estão a rebentar pelas costuras” com as medidas de austeridade que têm vindo a ser tomadas pelo Governo. As declarações foram feitas no programa ‘Fora da Caixa’, da Renascença.

"Há famílias e instituições a rebentar pelas costuras"

No seguimento da divulgação por parte do INE dos dados que dão conta de que a economia portuguesa decaiu 0,7% no primeiro trimestre de 2014, Santana Lopes afirmou, em declarações à Rádio Renascença, que “alguns números podem dizer que a economia está ou estava em fase de recuperação, mas não atingiu as pessoas que foram atingidas pela crise”.

Na opinião do provedor da Santa Casa da Misericórdia, “há pessoas e famílias que agora chegaram ao fim das suas possibilidades, mas também instituições e entidades que, com as medidas tomadas pelo Estado, estão a rebentar pelas costuras”.

“Nas últimas semanas tenho sentido mais aperto nalguns setores, nomeadamente na classe média. Parece que há aqui setores que já esticaram tudo”, justificou.

Aos microfones da mesma rádio, o antigo primeiro-ministro social-democrata admitiu ainda que “não será catastrófico” o PSD perder as eleições, já que os “últimos dias não têm sido famosos para o Governo”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório