Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Carla Castro quer Iniciativa Liberal como terceira força política

Carla Castro, candidata à liderança da Iniciativa Liberal assumiu hoje que, caso seja eleita, o partido terá como metas eleitorais eleger nas europeias e ser a terceira força política nacional.

Carla Castro quer Iniciativa Liberal como terceira força política

Carla Castro falava na apresentação da sua lista à comissão executiva da IL, afirmando contar com "a melhor equipa" para fazer crescer o partido e o liberalismo em Portugal, marcando a agenda política nacional.

"Para a IL, proponho no partido o que defendemos no país: uma organização descentralizada, plural, com separação de poderes, e onde os membros possam de forma capacitada contribuir para este projeto, em suma, um partido liberal", declarou.

Robustecer, unir e convocar as energias liberais para retomar o caminho, mostrar as alternativas porque há muito a fazer para tornar o país mais liberal, foram também palavras que dirigiu aos militantes e simpatizantes que compareceram no auditório do Parque de Feiras e Exposições de Aveiro.

"Precisamos estar unidos com muita força cá dentro para vencer lá fora", disse, concluindo que "o liberalismo funciona e faz falta a Portugal, que precisa de criar riqueza, combater o desperdício, integrar franjas sociais menos representadas".

Carla Castro defende que o partido se deve assumir como alternativa, "num país devastado pela geringonça e pela governação socialista", com "um sistema de educação desigual, o caos na saúde, em que o elevador social está estagnado e em que o empresariado é diabolizado".

O PS esconde os problemas debaixo do tapete", acusou a aspirante a líder do Iniciativa Liberal, aludindo às "políticas fiscais asfixiadoras" e à "falta de perspetivas para os jovens, que emigram por necessidade".

Sobre a equipa que propõe para a comissão executiva, Carla Castro disse não poder estar mais animada e confiante, porque "representa o partido que vai além das redes sociais, que vai para as ruas".

"Consegui reunir a melhor equipa", concluiu, depois de apresentar um a um os membros que a compõem.

Da atual direção de João Cotrim Figueiredo, que Carla Castro integrou como vogal, apenas transita para a lista da candidata Paulo Carmona que, juntamente com Filomena Francisco ocuparão os cargos de vice-presidentes.

Pedro Silva Martins, Carina Crucho e Orlando Monteiro da Silva são alguns dos nomes que integram a lista para a comissão executiva, que terá como secretário-geral João Cascão e João Leitão como tesoureiro.

Leia Também: Il. Lista de Carla Castro "tem capacidade para fazer crescer o partido"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório