Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Aeroporto. PS 'trava' audição de Pedro Nuno Santos no Parlamento

Oposição queria ouvir ministro sobre polémica em torno do novo aeroporto de Lisboa.

Aeroporto. PS 'trava' audição de Pedro Nuno Santos no Parlamento
Notícias ao Minuto

12:52 - 06/07/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

Política PS

O Partido Socialista (PS) votou contra os requerimentos apresentados por outros partidos para ouvir o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação do Parlamento, acerca da polémica em torno no novo aeroporto de Lisboa. 

A notícia começou por ser avançada pelo ECO e foi entretanto confirmada pela deputada do Bloco de Esquerda, Joana Mortágua, com críticas à mistura.

"PS considerou 'extemporânea' a vinda de Pedro Nuno Santos ao Parlamento para dar explicações sobre o que aconteceu na semana passada com o despacho do novo Aeroporto. Maioria absoluta", começou por escrever no Twitter. "Tradução: chumbou", acrescentou.

Os requerimentos, apresentados pelo PCP, Bloco de Esquerda e Iniciativa Liberal, foram votados na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação, tendo obtido o voto contra do PS e os votos favoráveis das restantes bancadas parlamentares.

O deputado do PS Hugo Santos argumentou que há já uma audição do ministro aprovada para a próxima semana, no dia 13, onde poderá também ser questionado sobre o despacho entretanto revogado.

Já a deputada do PCP Paula Santos acusou o PS de "bloqueio" à discussão, por ter votado contra os requerimentos.

Recorde-se que os partidos da oposição pediram uma audição de Pedro Nuno Santos no Parlamento sobre o despacho, que acabou por ser revogado por determinação do primeiro-ministro, para a solução aeroportuária para a região de Lisboa - apenas um dia depois de a proposta ser apresentada pelo ministro.

Depois de uma reunião com António Costa, Pedro Nuno Santos acabou por pedir desculpa pelo sucedido e um erro de comunicação acabou por ser apontado como a justificação. 

[Notícia atualizada às 13h46]

Leia Também: "Não cabe à ANA tomar decisões sobre aeroportos, cabe ao Governo"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório