Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º

Bolieiro considera que maioria absoluta do PS já iniciou "degradação"

O presidente do Governo Regional dos Açores considerou hoje que a maioria absoluta do PS "já iniciou a sua degradação", defendendo que o PSD deve promover "um processo de aprofundamento das autonomias regionais" na próxima revisão constitucional.

Bolieiro considera que maioria absoluta do PS já iniciou "degradação"
Notícias ao Minuto

13:33 - 02/07/22 por Lusa

Política PSD

José Manuel Bolieiro discursou esta manhã no segundo dia do 40.º Congresso Nacional do PSD, que decorre até domingo no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, tendo apresentado aos congressistas a proposta temática da Comissão Política Regional do PSD/Açores, começando por defender que o PSD tem a missão "de liderar a visão reformista em Portugal".

"É, pois, com a convicção reformista que se poderá potenciar agora no país a alternância democrática perante a atual maioria absoluta socialista que está a começar, mas que pode ter fim garantido no termo desta legislatura e já iniciou a sua degradação", defendeu.

À nova liderança de Luís Montenegro, na opinião do presidente do Governo Regional dos Açores, "incumbe a identificação do interesse nacional" e, em cada causa, o PSD apresentar "a proposta alternativa com credibilidade e bem explicada aos portugueses", recusando a política do bota-abaixo.

"Uma próxima revisão constitucional - na qual o PSD será, como sempre, um partido determinante - deve promover um processo de aprofundamento das autonomias regionais. É assim a identidade do PSD: descentralizador, autonómico e compreensivo da integralidade do país", apelou.

Para José Manuel Bolieiro, "a relação entre o estado e as regiões autónomas não pode assentar no princípio da desconfiança política do poder central em relação ao poder regional autónomo".

"O governo da República não pode nem deve excluir as regiões autónomas da aplicação de medidas nacionais da sua competência quando a natureza jurídica destas medidas impõe a sua a aplicação a todo o território nacional", afirmou.

Leia Também: Dirigente do Algarve pede que Montenegro faça "tudo ao contrário" de Rio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório