Meteorologia

  • 04 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 28º

Sem Vitorino Silva na liderança, RIR afirma estar "mais vivo que nunca"

Partido RIR defende que "a dicotomia esquerda/direita não soluciona os problemas dos cidadãos".

Sem Vitorino Silva na liderança, RIR afirma estar "mais vivo que nunca"

Embora Vitorino Silva já não faça parte da presidência do Reagir Incluir Reciclar (RIR), o partido diz estar "mais vivo que nunca" e pretende afirmar a sua ideologia identitária.

Em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, o RIR diz que "tem lugar na Democracia e é necessário ao centro", salientando que "a ideia de agradar a tudo e a todos não pode continuar. E a dicotomia esquerda/direita não soluciona os problemas dos cidadãos".

Um dos objetivos do RIR é "a afirmação da ideologia identitária do partido", que se assume como "centrista, moderado, conciliando o capitalismo com a atenção" às carências sociais que encontra na democracia. Assim sendo, explica que defende medidas "que podem ser entendidas como de esquerda", mas também outras "que são vulgarmente intituladas de direita".

Como exemplo, o RIR acredita que o Serviço Nacional de Saúde "deve ser apoiado sem olhar a cativações" e, por outro lado, julga necessária "uma forte fiscalização a todos os subsídios dependentes" existentes em Portugal, "não só nas minorias".

O partido entende que estas "não são medidas e propostas incompatíveis", esclarecendo que pretende "uma melhor e mais eficaz gestão dos recursos do Estado", que "não dá nada a ninguém" e "paga tudo com o dinheiro dos nossos impostos".

De referir que a Moção Estratégica Global, apresentada pela nova líder do partido, foi aprovada por unanimidade dos militantes presentes no III Congresso no passado sábado.

O RIR foi inscrito oficialmente no Tribunal Constitucional em 30 de maio de 2019 e é o segundo partido político mais recente. Nas eleições legislativas de 2019 conseguiu 35.359 votos (0,67%) e nas eleições de janeiro desde ano 23.232 votos (0,42%), de acordo com os dados disponibilizados pela secretaria-geral do Ministério da Administração Interna.

Leia Também: AR aprova contratação de intérpretes de língua gestual para o SNS

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório