Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
35º
MIN 21º MÁX 37º

IL quer regresso dos debates quinzenais e "maior escrutínio" do Governo

Cotrim Figueiredo defende um “maior escrutínio” na aplicação de fundos para que não haja o “risco” de que, “com uma maioria absoluta”, sejam “malbaratados”. Sobre a pandemia, diz que as restrições em vigor "não fazem sentido".

IL quer regresso dos debates quinzenais e "maior escrutínio" do Governo

O presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, defendeu esta quarta-feira, após a reunião com o Presidente da República, que os debates com o primeiro-ministro devem voltar a ser quinzenais e sublinhou a necessidade de um “maior escrutínio” quando existe um governo de maioria absoluta. 

“Em primeiro lugar, uma maioria absoluta tem de dar lugar a um escrutínio ainda mais apertado do que o tem sido feito até aqui”, começou por afirmar. Assim, o partido irá “propor uma alteração do regime da Assembleia da República” para “reintroduzir de imediato os debates quinzenais” com o primeiro-ministro, extintos no verão de 2020.

Cotrim Figueiredo defende ainda um “maior escrutínio” na aplicação de fundos, como o Plano de Recuperação e Resiliência, para que não haja o “risco” de que, “com uma maioria absoluta”, sejam “malbaratados” e terminem “com uma montanha de dívidas” para o país.

O partido quer certificar-se que o Partido Socialista “está a falar a sério” quando se mostra disponível para dialogar. “Desafiamos já aqui o PS a dialogar connosco porque vamos apresentar na Assembleia da República, assim que tome posse, um projeto de lei de novas bases da saúde”, frisou.

É também, na ótica de Cotrim Figueiredo, “uma boa altura” para uma revisão do sistema eleitoral, nomeadamente “os resultados eleitorais sem ainda terem sido escrutinados os votos dos portugueses que vivem no estrangeiro” e que “deixou 680 mil pessoas sem representação no Parlamento”.

Sobre a crise epidemiológica, a IL considera estar “na altura de virar a página da pandemia” e diz que “as restrições que estão em vigor não fazem sentido”. 

Leia Também: João Cotrim Figueiredo promete "oposição implacável ao PS"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório