Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

"Anda um bocadinho mortiço, murcho". IL quer ser "o Viagra do PSD"

João Cotrim Figueiredo foi convidado, esta segunda-feira, no programa 'Isto é Gozar com Quem Trabalha' e rapidamente se tornou tendência no Twitter por ter mostrado uma caixa de Viagra em direto.

"Anda um bocadinho mortiço, murcho". IL quer ser "o Viagra do PSD"
Notícias ao Minuto

08:58 - 25/01/22 por Notícias ao Minuto

Política João Cotrim Figueiredo

João Cotrim Figueiredo, líder do Iniciativa Liberal (IL), foi o convidado desta segunda-feira do programa 'Isto é Gozar com Quem Trabalha', do humorista Ricardo Araújo Pereira, na SIC. Um dos momentos mais falados após a emissão, nas redes sociais, foi o facto de o político ter mostrado uma caixa - e um comprimido - de Viagra em direto. 

Questionado sobre como é que os eleitores do IL poderiam ter a certeza de que se Rui Rio, presidente do PSD, convidasse Cotrim Figueiredo para o Governo, o liberal não se ia "limitar a obedecer" e ia "conseguir impor a sua vontade" - "porque toda a gente sabe que o doutor é contra tudo o que seja imposto" - o político foi taxativo. 

"Também não é bem assim. Nós somos contra aqueles que querem por impostos em tudo o que mexe, porque isso, ao limite, tem apenas um resultado: é que o que não mexe é Portugal. Nada mexe", respondeu João Cotrim Figueiredo. 

Em seguida, o liberal mostrou o "calhamaço" que é o programa eleitoral do partido para estas eleições legislativas antecipadas, salientando que "os partidos grandes mostram calhamaços na televisão e eu também não sou menos que eles". Cotrim fez ainda uma referência a quando, no frente a frente com Rui Rio, António Costa fez questão de mostrar o Orçamento do Estado para 2022, já no final da emissão, destacando o documento para as câmaras de televisão.

"Queremos por Portugal a crescer e o PSD já perdeu o caminho reformista, anda assim um bocadinho mortiço, anda murcho e, portanto, o que eu queria, era ser isto para o PSD", disse o presidente da IL, ao ir ao bolso tirar uma caixa de Viagra, tirando um comprimido e mostrando-o em direto. "Queria ser o Viagra do PSD. É importante que o PSD volte a ter tenacidade para fazer Portugal crescer"

De recordar que Rui Rio, no debate com Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, referiu que "se ganhar as eleições e não tiver a maioria", o primeiro partido com quem falará é "o CDS", deixando a 'porta aberta' para a Iniciativa Liberal: "Desde que o resultado eleitoral permita ter uma maioria com o CDS e com a Iniciativa Liberal, se estiverem de acordo com isto".

Leia Também: Cotrim de Figueiredo diz que dia de reflexão não faz sentido

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório