Meteorologia

  • 22 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Balanço do voto antecipado. "Em 56 municípios a votação é superior a 92%"

Antero Luís, secretário de Estado adjunto do Ministério da Administração Interna (MAI), afirma que o balanço do voto antecipado em mobilidade é positivo e que "foi bem organizado".

Balanço do voto antecipado. "Em 56 municípios a votação é superior a 92%"
Notícias ao Minuto

09:42 - 24/01/22 por Marta Ferreira

Política Antero Luís

Antero Luís, secretário de Estado adjunto do Ministério da Administração Interna (MAI), esteve, esta segunda-feira, na RTP3, a dar conta do balanço do voto antecipado em mobilidade, concretizado este domingo, dia 23 de janeiro. O "balanço é positivo" e, nos 56 municípios onde já são conhecidos os dados, "a votação é superior a 92%", indicou.

Esta percentagem diz apenas respeito a 56 dos 308 municípios do nosso país, pelo que ainda são dados com alguma margem de erro. O secretário de Estado adjunto explicou ainda que "é muito provável" que não tenhamos dados finais, com todos os municípios, até ao final da semana. 

Antero Luís acrescentou que o processo "foi bem organizado e o objetivo do movimento da participação democrática foi conseguido". 

Votação nos lares 

Relativamente à votação de residentes em lares, que arranca amanhã, dia 24, explicou o governante que o "processo será semelhante ao que aconteceu nas presidenciais", ou seja, "há uma equipa dos serviços municipais que vão recolher o voto a cada um dos lares dessas pessoas".

Entre os dias 20 e 23, "inscreveram-se 12.723 pessoas", um número que Antero Luís disse ser um aumento significativo e dever-se "a um conhecimento maior desta hipótese de votar". "Esta é a segunda vez que temos votos em lares, penso que tenha a ver com isso", frisou.

Em relação aos confinados - nestas circunstâncias - houve um movimento inverso ao aumento, só se inscreveram 397 pessoas, segundo apontou.

Votação dos confinados

De recordar ainda as regras de votação eleitoral no próximo dia 30 de janeiro. Antero Luís vincou que, "no domingo, o que se pede é que todos os portugueses, particularmente os que estão em confinamento, vão votar naquele horário entre as 18 e as 19 horas".

Garantiu ainda que o processo será seguro: "Estão reunidas as condições de segurança para poderem votar, o que é importante é que as pessoas respeitem as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) e que exista um pacto social entre todos para os que estão em confinamento só votem naquela faixa horária e os outros tentem votar no restante período do dia".

De referir que as máscaras FFP2 são exigidas para ir às urnas, não bastando as comunitárias. Votar é "absolutamente seguro", concluiu.

Recorde-se que estas eleições antecipadas foram marcadas na sequência do chumbo do Orçamento de Estado 2022 (OE2022), em outubro do ano passado, que abriu uma crise política. Se, por um lado, António Costa continua a sublinhar que o OE2022 é a melhor solução para o país - e pede uma maioria absoluta para que este possa ser aprovado -, por outro, tanto a Direita quanto a Esquerda manifestam-se contra esse documento. 

Leia Também: PAN sugere que BE quer "lavar a mão" ao convidar Costa para reunião

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório