Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Mais de 315 mil eleitores inscritos decidem já amanhã em voto antecipado

Os que estão inscritos para votar este domingo, mas que não o consigam exercer, mantêm o direito de votar para a semana, no dia 30 de janeiro.

Mais de 315  mil eleitores inscritos decidem já amanhã em voto antecipado
Notícias ao Minuto

09:59 - 22/01/22 por Marta Ferreira com Lusa

Política Eleições antecipadas

É já amanhã, dia 23 de janeiro, que os 315.785 eleitores inscritos vão poder exercer o seu direito de voto antecipado em mobilidade para as eleições legislativas. 

Estes mais de 315 mil eleitores recenseados no território nacional puderam inscrever-se, entre domingo e quinta-feira, para votar uma semana antes das eleições antecipadas, marcadas para dia 30 de janeiro.

Os que estão inscritos para votar este domingo, mas que não o consigam exercer, mantêm o direito de votar para a semana, no dia 30 de janeiro.

O Ministério da Administração Interna apelou esta sexta-feira para "o rigoroso cumprimento das normas de segurança sanitária durante o exercício de voto", nomeadamente utilização de caneta própria, máscara; distanciamento social e higienização das mãos.

Na modalidade do voto antecipado em mobilidade, os eleitores inscreveram-se num local de voto à sua escolha num município do continente ou das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, através de meio eletrónico em www.votoantecipado.mai.gov.pt ou por correio enviado para a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna.

Na quarta-feira, o secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna considerou que o número de eleitores inscritos para votarem antecipadamente em mobilidade a 23 de janeiro está "muito aquém das estimativas da administração eleitoral".

Antero Luís afirmou que foi desenhada uma logística para que cerca de um milhão de portugueses pudesse votar antecipadamente para as eleições legislativas em 23 de janeiro.

Nas anteriores legislativas, em 2019, mais de 50.000 eleitores votaram antecipadamente, uma semana antes das eleições, enquanto nas presidenciais de 2021, já durante a pandemia de covid-19, 197.903 portugueses exerceram o seu direito uma semana antes da data do ato eleitoral.

Mais de 10 milhões de eleitores residentes em Portugal e no estrangeiro constam dos cadernos eleitorais para a escolha dos 230 deputados à Assembleia da República.

Leia Também: Lisboa com 152 mesas de voto e 37.846 inscritos no voto antecipado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório