Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Provedor judiciário? "Uma pessoa lê o programa do PSD e não acredita"

Os socialistas continuam a criticar a proposta do PSD, afirmando que coloca a justiça sob o olhar do poder político. Depois de António Costa, foi a vez de Isabel Moreira.

Provedor judiciário? "Uma pessoa lê o programa do PSD e não acredita"

A deputada socialista Isabel Moreira atacou, na terça-feira, a proposta de Provedor do Utente Judiciário, apresentada pelo PSD no seu programa eleitoral para estas legislativas antecipadas do próximo dia 30 de janeiro.

Numa publicação no Facebook, a deputada e constitucionalista afirmou que "uma pessoa lê o programa do PSD e não acredita", fazendo comparações com uma proposta de 2008 do PSD de terminar com o SNS tendencialmente gratuito para todos os portugueses.

No programa eleitoral para 2022 dos sociais-democratas, sobre o tema da "reforma do sistema de avaliação dos magistrados", é sugerida a "criação do Provedor do Utente Judiciário, nomeado pelo Presidente da República e que não poderá ser magistrado, que deverá fazer chegar ao Conselho Superior de Magistratura ou ao Conselho Superior do Ministério Público, no caso de Magistrados, e ao Presidente da Comarca no caso de funcionários, as queixas recebidas para fins disciplinares ou outros".

O PS opõe-se à ideia do poder político escrutinar o poder judicial, e o ataque de Isabel Moreira ecoa a crítica do líder do partido à medida. Durante o debate entre António Costa e Rui Rio, da passada quinta-feira, o primeiro-ministro disse que o programa do PSD era "perigoso" por "subordinar o Ministério Público e o Conselho Superior da Magistratura ao poder político".

"Eu escolho bem a palavra quando digo perigoso, porque a maior garantia que nós podemos ter é que a justiça é igual para todos, é a garantia de que a justiça não é sujeita ao controlo do poder político e o PSD tem propostas no seu programa que são muitíssimo perigosas", vincou António Costa.

Na altura, Rui Rio respondeu dizendo que o primeiro-ministro trouxe "populismo" para o debate. "André Ventura era capaz de não fazer uma intervenção muito diferente", rematou o presidente do PSD.

Leia Também: Dos salários ao SNS, a TAP 'aterrou' no debate PS vs PSD com ímpeto

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório