Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Castelo Branco: 17 partidos apresentam listas e disputam quatro mandatos

O Tribunal Judicial da Comarca de Castelo Branco recebeu 17 listas de partidos e movimentos, candidatos por este círculo eleitoral às eleições legislativas de 30 de janeiro, menos uma lista do que em 2019.

Castelo Branco: 17 partidos apresentam listas e disputam quatro mandatos
Notícias ao Minuto

09:47 - 14/01/22 por Lusa

Política Legislativas

O partido Aliança não apresentou lista pelo círculo eleitoral de Castelo Branco às eleições de dia 30, sendo que as restantes forças partidárias e movimentos que concorreram nas legislativas de 2019, mantêm-se todas presentes.

Castelo Branco elege quatro deputados para a Assembleia da República, sendo o número de lugares normalmente repartido entre o PS e o PSD, figurino que sofreu uma alteração nas legislativas de 2019, com os socialistas a elegerem três deputados e os sociais-democratas apenas um.

Se, para 2022, o PSD mantém como cabeça de lista, Cláudia André, com 50 anos, professora de profissão, no PS o figurino muda completamente em relação a 2019, com a atual ministra da Coesão Territorial, a professora universitária Ana Abrunhosa, de 51 anos, a assumir a liderança da lista socialista, sucedendo a Hortense Martins.

A lista da Alternativa Democrática Nacional (ADN) é encabeçada pela economista Dora Lontro, de 34 anos, a do Movimento Alternativo Socialista (MAS) é liderada por Anabela Sobrinho, de 45 anos e a do Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses (PCTP/MRPP) é encabeçada por José Marrucho, de 66 anos.

Já o Livre tem como cabeça de lista Maria Stela Lourenço, com 59 anos, o Partido Animais e Natureza (PAN) apresenta Amália Rodrigues a liderar e o Nós, Cidadãos tem como número um Isaura Costa, de 69 anos.

João Filipe Ribeiro, de 33 anos, lidera a lista do Chega, Jorge Fael, de 52 anos, encabeça a lista da CDU, o partido Ergue-te aposta em Jorge Torres, de 57 anos, como número um e o Reagir Incluir Reciclar (RiR) apresenta Jorge Azevedo, de 52 anos, como cabeça de lista.

O CDS-PP aposta em Maria Inês Moreira, de 26 anos, como líder da lista, o MPT -- partido da Terra tem como cabeça de lista Álvaro Lopes, de 43 anos, a Iniciativa Liberal é liderada por Diogo Oliveira, de 29 anos, o Bloco de Esquerda (BE) apresenta Cristina Guedes, de 54 anos a encabeçar a sua lista e o Partido Trabalhista Português (PTP) tem a liderar aq sua lista Fernando Joaquim, de 62 anos.

Em 2019, o PS venceu as eleições legislativas no distrito de Castelo Branco, com 40,88% (38.302 votos) dos votos e com três dos quatro mandatos possíveis, enquanto o PSD (26,33% e 24.674 votos) ficou apenas com um deputado.

E, se apenas o PS e PSD conseguiram eleger, o BE foi a força política que se seguiu acima dos dois dígitos, com 11,05% (10.352 votos).

O PCP-PEV obteve 4,75% (4.451), o CDS-PP obteve 3,71% (3.479 votos), o PAN conseguiu 2,38% (2.231 votos) e o Chega teve 1,27% (1.187 votos).

Os restantes partidos não conseguiram sequer chegar ao um por cento da votação.

No ato eleitoral de 2019, estavam inscritos 170.075 eleitores e votaram 93.695 (55,09%).

O distrito de castelo Branco, situado no interior do país, perdeu em 10 anos 18.352 habitantes, o que corresponde a uma perda de 9,4% em comparação com os dados dos Censos de 2011.

Leia Também: Coimbra. Partidos repetem candidatos num círculo "simpático" para o PS

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório