Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

PSD reúne Conselho Nacional em Évora para votar listas eleitorais

A próxima reunião do Conselho Nacional do PSD vai decorrer em Évora, em 7 de dezembro, para votar as listas de candidatos às eleições legislativas de 30 de janeiro, disse hoje a presidente desta distrital do partido.

PSD reúne Conselho Nacional  em Évora para votar listas eleitorais
Notícias ao Minuto

13:52 - 29/11/21 por Lusa

Política PSD

Sónia Ramos, que lidera a comissão política distrital de Évora do PSD, afirmou à agência Lusa que a reunião vai ter lugar, "à noite", numa unidade hoteleira da cidade.

"Deverá ser feita uma análise da situação política nacional e discutidas e votadas as listas de candidatos" a deputados, indicou a mesma responsável, que apoiou publicamente Rui Rio na 'corrida' à liderança do partido.

Rui Rio, que foi reeleito no sábado presidente do PSD, terá como primeiras tarefas do novo mandato conduzir o processo das listas de deputados, avaliando uma eventual coligação com o CDS-PP, e preparar o programa às legislativas.

De acordo com os resultados oficiais, ainda provisórios, anunciados pelo Conselho de Jurisdição Nacional, Rui Rio foi reeleito presidente do PSD com 52,43% dos votos, contra os 47,57% do eurodeputado Paulo Rangel.

O prazo limite para a entrega da lista de deputados para as legislativas de 30 de janeiro termina em 20 de dezembro, um dia depois de terminar o Congresso do partido, que decorrerá entre 17 e 19 de dezembro, na FIL, em Lisboa.

Segundo o calendário já aprovado pela direção, o prazo para as distritais aprovarem as suas escolhas termina já na terça-feira, abrindo-se depois, até 06 de dezembro, um período de negociações com a Comissão Política Nacional.

O Conselho Nacional para aprovar as listas foi marcado para 07 de dezembro (com uma segunda data para dia 10, caso 'chumbem' na primeira tentativa).

Entre as decisões sobre a lista, estará a de saber se o PSD vai a votos sozinho ou com o CDS-PP: apesar de numa reunião da Comissão Política Nacional a maioria dos seus membros ter manifestado preferência pela primeira opção, o tema não chegou a ir a votos, e, esta semana à Renascença, Rio prometeu levar novamente à direção a proposta de um acordo pré-eleitoral com os democratas-cristãos.

Leia Também: Vitória de Rio? "Os militantes do PSD gostam de poder, gostam de ganhar"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório