Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

Governo não quer "voltar a confinar atividades económicas"

Já terminou a reunião entre o Iniciativa Liberal e o primeiro-ministro.

Governo não quer "voltar a confinar atividades económicas"
Notícias ao Minuto

12:32 - 23/11/21 por Notícias ao Minuto com Lusa

Política Iniciativa Liberal

O primeiro-ministro recebe, entre esta terça e quarta-feira, os partidos com representação parlamentar sobre a situação epidemiológica em Portugal, num momento em que o país regista um crescimento de casos de Covid-19 e antes de o Governo aprovar novas medidas.

O primeiro partido a ser recebido foi o Iniciativa Liberal. Após o encontro com António Costa, João Cotrim Figueiredo salientou as principais "divergências" que ficaram evidenciadas na reunião.

"As divergências tiveram a ver com o facto de o Governo continuar a achar que é uma possibilidade exigir certificados ou testes sem que isso seja decidido pelos próprios promotores dessas atividades, mas sim imposto centralmente. No nosso ponto de vista isso não faz sentido, o que faz sentido é as pessoas poderem ter a informação correta das condições em que cada evento está a ser programado e poderem tomar a decisão se querem fazer parte dessa reunião social ou não", salientou o deputado.

Outro aspeto importante que Cotrim Figueiredo retirou deste encontro foi "a comunicação e informação relativamente ao que se está a passar neste momento pandémico".

O parlamentar sublinhou que é importante "continuar a ter noção de que a vacina é eficaz, sobretudo no que respeita e evitar internamentos e consequências graves da doença", relembrando a importância da ventilação, um tema que considera ter sido "pouco falado até aqui".

Antes de terminar, o líder da Iniciativa Liberal revelou que o Governo não tem "intenção de voltar a confinar as atividades económicas e proceder a restrições idênticas às que já tivemos no passado", algo que defendeu ser positivo.

Segunda-feira, em entrevista à agência Lusa, Cotrim Figueiredo já tinha rejeitado quaisquer restrições que voltem a afetar a economia porque a solução para combater a pandemia de covid-19 passa por acelerar a vacinação e a testagem gratuita, bem como medidas individuais de proteção.

Hoje, antes de iniciar esta ronda com os partidos, numa breve declaração aos jornalistas à margem do 9.º Congresso Nacional dos Economistas, em Lisboa, António Costa recusou antecipar novas medidas para conter a pandemia de covid-19, remetendo um eventual anúncio para quinta-feira, quando se reúne o Conselho de Ministros, e depois de consultados os partidos.

"Hoje não é dia de falar, hoje é dia de ir ouvir os partidos, amanhã continuar a ouvir os partidos e quinta-feira falarei", disse o primeiro-ministro.

Para além do chefe do executivo, estão nestas reuniões a ministra de Estado e da Presidência Mariana Vieira da Silva, a ministra da Saúde, Marta Temido, e o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro.

Leia Também: Costa recusa antecipar novas medidas e indica que falará na quinta-feira

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório