Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

PAN/Madeira vai concorrer às eleições legislativas com listas próprias

O PAN/Madeira vai concorrer às eleições legislativas antecipadas de 30 de janeiro com listas próprias, indicou hoje a direção do partido, vincando que a sua estratégia visa o desenvolvimento sustentável da região autónoma.

PAN/Madeira vai concorrer às eleições legislativas com listas próprias

A decisão foi tomada na reunião da comissão política regional do partido Pessoas-Animais-Natureza, que decorreu online.

Em comunicado, o PAN refere que os presentes foram unânimes em avançar com listas próprias e destaca que o partido pretende vincar junto das populações "a adoção dos princípios do desenvolvimento sustentável, da preservação dos recursos da Região Autónoma da Madeira e da defesa e dignidade de todas as formas de vida".

O partido mandatou Hugo Miguel Olival para coordenador regional do programa eleitoral.

A comissão política do PAN criticou, por outro lado, as novas medidas de contenção da covid-19 definidas pelo Governo Regional (PSD/CDS-PP), que entraram em vigor às 00:00 de sábado, com um período de adaptação de uma semana, considerando que se trata de uma "ofensiva securitária".

O PAN afirma que as novas restrições geraram um "maior alarmismo social" e "não são exequíveis nem práticas", colocando "mais cidadãos à margem da sociedade", pelo que mandatou o gabinete jurídico para "aferir da legitimidade" das mesmas.

As novas medidas de contenção da pandemia exigem a apresentação de certificado de vacinação e teste antigénio negativo para aceder à maioria dos recintos públicos e privados e resultam do aumento do número de casos, internamentos e mortos associados à covid-19 nas últimas semanas na Madeira.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional de Saúde, o arquipélago, com cerca de 251 mil habitantes, regista 494 casos ativos, com 50 doentes hospitalizados, seis deles em cuidados intensivos. A região sinaliza também 87 óbitos associados à doença.

Leia Também: "Opinião dominante" na direção é que não deve haver coligação com CDS

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório