Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Juventude Social Democrata Distrital de Beja apoia Rui Rio

A Juventude Social Democrata (JSD) Distrital de Beja manifestou hoje o seu apoio ao presidente do PSD, Rui Rio, nas próximas eleições internas, considerando que "é o melhor líder para o PSD e a melhor opção para primeiro-ministro".

Juventude Social Democrata Distrital de Beja apoia Rui Rio
Notícias ao Minuto

12:54 - 28/10/21 por Lusa

Política PSD

"Rui Rio é o candidato dos militantes e não o candidato dos importantes. Por isso, tornamos público o apoio à recandidatura de Rui Rio, sabendo que é o melhor para o futuro do PSD e do nosso país", afirma a JSD Distrital de Beja.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a estrutura diz também saber que "Rui Rio não é só o melhor líder para o PSD como também é a melhor opção para futuro primeiro-ministro, com toda a certeza que irá governar os destinos de Portugal sem fazer distinção de região para região e dando a devida importância ao Baixo Alentejo".

A JSD Distrital de Beja frisa que revê em Rui Rio "valores que tão queridos são ao PSD, tais como o companheirismo, a integridade e um sentido patriótico inconfundível" e que o atual líder do partido é "um político integro, com provas dadas".

Segundo a JSD, Rui Rio "sempre lidou com sondagens desfavoráveis e sempre as contrariou, se assim não fosse não tinha invertido a perda de autarquias e de eleitos que o PSD tinha vindo a sofrer até às eleições autárquicas de 2021".

"É de enobrecer a conquista de seis câmaras municipais no Alentejo, a conquista da Câmara Municipal de Lisboa e a supressão de muitas maiorias que outros partidos tinham por várias autarquias espalhadas por todo o território português", sublinha.

No passado sábado, numa publicação na rede social Facebook, o presidente da distrital de Beja do PSD, Gonçalo Valente, manifestou apoio a Paulo Rangel nas próximas eleições internas, considerando que o eurodeputado reúne "as melhores condições" para vencer o partido e o país.

O atual presidente Rui Rio e o eurodeputado Paulo Rangel são, por enquanto, os dois únicos candidatos anunciados às eleições diretas para presidente da Comissão Política Nacional do PSD, marcadas para 04 de dezembro.

Também está prevista uma eventual segunda volta no dia 11 de dezembro, caso nenhum dos candidatos obtenha mais de 50% dos votos, o que só poderá acontecer se existirem pelo menos três.

O prazo para a apresentação de candidaturas termina em 22 de novembro e o Congresso vai decorrer entre 14 e 16 de janeiro, em Lisboa.

Leia Também: PSD/Viana do Castelo. Líder da distrital quer eleições internas adiadas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório