Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

PEV defende ponderação de Governo em duodécimos ou novo Orçamento

O PEV defendeu hoje, depois do 'chumbo' na generalidade do Orçamento do Estado, que a par da marcação de eleições antecipadas também sejam consideradas as opções de governação por duodécimos ou apresentação de outro Orçamento.

PEV defende ponderação de Governo em duodécimos ou novo Orçamento
Notícias ao Minuto

18:50 - 27/10/21 por Lusa

Política OE/Crise

Questionado pelos jornalistas no final da votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), o deputado do PEV José Luís Ferreira disse que deviam de "ser ponderadas todas as soluções" pelo Presidente da República, agora que o documento foi rejeitado, com os votos contra de PSD, BE, PCP, CDS-PP, "Os Verdes", IL e Chega.

"As alternativas podiam ser o Governo continuar em funções e governar por duodécimos, pode ser o Governo apresentar outro Orçamento. Não é causa efeito entre o 'chumbo' de um Orçamento e haver dissolução da Assembleia da República", concretizou.

Interpelado sobre se o PEV pretende um novo Orçamento do Estado, o deputado respondeu que o partido "quer é que o problema seja resolvido".

"Não dependendo de nós a resolução do problema, consideramos que devem ser olhadas atentamente todas as soluções que o quadro constitucional permite, mas se a opções forem eleições, elas que aconteçam o mais rapidamente possível", completou.

José Luís Ferreira acrescentou que haveria uma conferência de líderes na quinta-feira para decidir a continuação dos trabalhos do parlamento.

Leia Também: OE2022: Parlamento chumba proposta do Governo na generalidade

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório