Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

"Os portugueses escolheram, está escolhido. Fizemos a transição de pasta"

Declarações de Fernando Medina no dia da tomada de posse de Carlos Moedas. Apesar de assumir "tristeza pessoal", garante que sai da autarquia com "sentimento de missão cumprida".

"Os portugueses escolheram, está escolhido. Fizemos a transição de pasta"

Fernando Medina assistiu, esta segunda-feira, à tomada de posse do seu sucessor, Carlos Moedas, para quem perdeu a presidência da Câmara Municipal de Lisboa nas eleições autárquicas de 26 de setembro.

Após o discurso do novo autarca, em que este parabenizou Medina pela dignidade com que lhe passou o testemunho, o socialista salientou que não fez mais do que a sua obrigação.

"Como democrata quero assegurar que a democracia, a vontade popular é respeitada com dignidade, como uma democracia deve funcionar sempre", disse, relembrando que, agora, "as opções política da vereação ficaram a cargo do novo Executivo".

Questionado sobre a sua opção de renunciar ao cargo de vereador, Fernando Medina afirmou que a sua presença seria sempre um "elemento de tentação à continuação do que foram os debates eleitorais" e esse momento "terminou".

"Os portugueses escolheram, está escolhido, fizemos a transição de pasta. Boa sorte aos novos eleitos. Que tudo lhes corra bem e à cidade de Lisboa", desejou.

Antes de dar como concluída a sua declaração, Fernando Medina revelou que vai regressar à sua profissão de economista, não deixando, contudo, "de acompanhar o que se passará na vida da cidade" que governou durante seis anos.

Leia Também: "Não serei presidente de gabinetes. Estarei lá fora a ouvir as pessoas"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório