Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Livre elegeu Rui Tavares em Lisboa. "Continua cidade de esquerda"

O Livre elegeu dois vereadores nas eleições autárquicas de domingo, um deles o fundador do partido Rui Tavares, através da coligação feita com o PS, assim como quatro deputados municipais e quatro representantes em assembleias de freguesia.

Livre elegeu Rui Tavares em Lisboa. "Continua cidade de esquerda"

Contactado pela agência Lusa, Rui Tavares confirmou que foi eleito vereador, uma vez que era o quinto na lista da coligação 'Mais Lisboa' (PS/Livre), que elegeu sete vereadores no domingo.

"Com os dados que há, é possível dizer que sim", sustentou.

A autarquia da capital foi ganha pela coligação encabeçada pelo social-democrata Carlos Moedas, com 34,26% dos votos, ou seja, 83.163 votos, elegendo sete vereadores.

De acordo com os resultados disponibilizados pelo Ministério da Administração Interna e com todas as freguesias apuradas, a coligação PS/Livre obteve 33,31% dos votos (80.869 votos) para a Câmara de Lisboa, mas elegeu os mesmos sete vereadores que a coligação vencedora.

Em comunicado, o Livre referiu que, "olhando para os resultados eleitorais, constata-se que Lisboa continua a ser uma cidade de esquerda, mas agora governada pela direita".

Já a CDU (dois vereadores) e o BE (uma vereadora) "elegeram vereadores ineficazes para uma governação de esquerda em Lisboa" e "será triste e preocupante" que não haja uma "profunda reflexão" nestas forças políticas e também no PAN, sustentou o partido, acrescentando que a direita venceu na capital porque "a esquerda desistiu de lutar".

Em Oeiras, a coligação "Evoluir Oeiras", da qual o Livre e o BE faziam parte, elegeu a independente Carla Castelo e "obteve vários mandatos para a assembleia municipal, incluindo um do Livre", assim como para as assembleias de freguesia, nomeadamente um mandato para a União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, segundo a nota.

O Livre também apresentou candidaturas próprias no Porto, Braga, Leiria, Barreiro, Peniche, Funchal, Figueira de Castelo Rodrigo e Sintra.

O partido disse que estava ciente da dificuldade de implantação autárquica nestas eleições, mas exaltou a eleição de um representante na freguesia de Algueirão - Mem Martins, no concelho de Sintra.

Em Felgueiras, uma outra coligação PS e Livre, designada "Sim, acredita!", conseguiu uma vitória de "perto de 70% de votação" na eleição para a autarquia e para a assembleia municipal.

Já no que diz respeito a acordos de coligação com o PS com "elementos do Livre", o partido destacou a vitória em Vila Real de Santo António (Faro).

Leia Também: Autárquicas: Abstenção foi a segunda mais elevada em eleições locais

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório