Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

CDU quer transporte público para todo o concelho em Coimbra

O cabeça de lista da CDU à Câmara de Coimbra, Francisco Queirós, quer alargar a rede dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), de modo a servir todo o concelho.

CDU quer transporte público para todo o concelho em Coimbra
Notícias ao Minuto

12:21 - 19/09/21 por Lusa

Política Autárquicas

"Aquilo que nós defendemos de facto é um sistema de mobilidade público, verdadeiramente público com base nos SMTUC, que chegue a todo o concelho e que sirva as populações do concelho com total qualidade, portanto, com conforto, com veículos ambientalmente sustentáveis e fiáveis, ou seja, a garantia que tenho aquele transporte aquela hora", disse hoje o candidato à agência Lusa.

Para Francisco Queirós, atual vereador eleito, "todas as zonas menos próximas do centro urbano estão carentes de bom transporte público".

Segundo o candidato, a CDU "tem-se debatido para que o transporte público através (SMTUC), dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra cheguem a todo o concelho, mas consideramos que isso tem de ser feito, e está longe de o ser, com veículos de qualidade", referiu.

O cabeça de lista da CDU referiu que aquilo que acontece nas zonas periféricas, é que as "pessoas queixam-se" que os veículos são antigos, portanto, defende "veículos com qualidade, ambientalmente sustentáveis".

Francisco Queirós disse que tem havido um "investimento na aquisição de novos veículos" e considera ser "importantíssimo" que esse investimento continue a ser feito, de modo que o transporte público chegue "a todo o concelho de Coimbra".

O transporte público do SMTUC, "não chega a toda aquela zona de São João do Campo, São Silvestre, e é preciso alargar para aí também", apontou.

Para o cabeça de lista da CDU à Câmara de Coimbra, Francisco Queirós é necessário que haja mais contratação.

"Ainda há dias entraram 34 novos motoristas, mas é preciso que haja mais motoristas, e é preciso que de uma vez por todas se dê condições de trabalho a quem trabalha também nos SMTUC, nomeadamente estes motoristas", sublinhou.

"Devido a uma lei que é a lei 12-A 2008, que entrou em vigor em 2009, no tempo do engenheiro Sócrates, que é uma lei de vínculos e carreiras da função pública, portanto, estes novos motoristas que sendo funcionários públicos são assistentes operacionais, portanto ganham o salário mínimo, o que é verdadeiramente inadmissível", sustentou.

O candidato exige que essa lei seja "revista / revogada", uma legislação que afeta "não só os motoristas do SMTUC,", mas que também "afeta muitos e muitos trabalhadores da administração pública", concluiu.

Nas eleições marcadas para dia 26 concorrem à Câmara Municipal de Coimbra o atual presidente, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (Juntos Somos Coimbra -- PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR /Aliança), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN), Inês Tafula (Coimbra é Capital -- PDR/MPT), Francisco Queirós (CDU) e Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal).

Leia Também: PS, PSD, Bloco e IL concentram-se hoje na área metropolitana do Porto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório