Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Em bastião da CDU, Jerónimo critica desinvestimento no parque escolar

O secretário-geral comunista assinalou o início do ano letivo em território da CDU e visitou uma escola cuja reabilitação tinha de ser feita pelo Governo, mas onde acabou por ser a autarquia a investir 400.000 euros.

Em bastião da CDU, Jerónimo critica desinvestimento no parque escolar
Notícias ao Minuto

12:12 - 15/09/21 por Lusa

Política Autárquicas

No segundo dia de campanha autárquica, Jerónimo de Sousa visitou a Escola Básica Zeca Afonso, no centro da freguesia de Pinhal Novo, liderada pela CDU.

Depois de uma visita às instalações, melhoradas a tempo do novo ano letivo, e manifestamente contente por voltar a ver crianças a brincar no recreio, ainda em período pandémico, o dirigente do PCP apontou as críticas a uma intervenção que o Governo não fez, obrigando o município de Palmela a tomar a iniciativa.

"Existe aqui um problema de financiamento, eu diria de subfinanciamento por parte do Governo, em que a autarquia teve de assumir um papel importante, designadamente com o investimento de 400 mil euros na melhoria das condições de funcionamento da escola", sustentou, ladeado pelo presidente do município eleito pela CDU, Álvaro Amaro.

De acordo com o secretário-geral, o investimento não ficou por aqui: "Com a abertura do novo ano letivo, esta autarquia já disponibilizou quatro milhões de euros para acompanhar e reforçar a escola pública".

A contribuição é "valiosa", prosseguiu, mas leva à conclusão de que o Governo continua a desresponsabilizar-se "daquilo por que é responsável", nomeadamente a reabilitação do parque escolar.

Mas o investimento do Estado na escola pública não pode ficar pelas infraestruturas. Na opinião de Jerónimo de Sousa, há carências com a mesma importância neste e noutros estabelecimentos de ensino.

"A necessidade de professores e de profissionais das escolas, particularmente, dos auxiliares, que continuam a ser insuficientes para responder aos problemas nesta escola. Também um problema novo, que é um dos efeitos da epidemia junto das crianças, com a degradação da saúde mental, que precisa do acompanhamento de psicólogos e que são insuficientes", elencou.

A presença do secretário-geral do PCP e da comitiva da CDU também não passou despercebida fora da escola. A partir um prédio com vista para o recinto escolar, um homem gritou várias vezes "CDU" à janela e aplaudiu Jerónimo de Sousa.

A iniciativa decorreu em Palmela, um "bastião" da CDU desde 1976. Depois de um primeiro dia de campanha essencialmente dedicado à reconquista dos concelhos arrebatados pelo PS em 2017, o dia de hoje é dedicado a duas autarquias que nunca mudaram de cor política: Palmela e Avis (Portalegre).

A Coligação Democrática Unitária (CDU) - composta pelo Partido Comunista Português (PCP), pelo Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) e pela Associação Intervenção Democrática - concorre a 305 câmaras nas eleições autárquicas de 26 de setembro.

Há quatro anos perdeu nove municípios para os socialistas e contabilizou o pior resultado neste ato eleitoral.

Leia Também: Jerónimo nega contradição entre críticas ao PS e discussões do OE2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório