Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Iniciativa Liberal coloca todo o programa e candidatos a Lisboa em cartaz

O partido instalou ainda um palco no cartaz que também servirá "como Speakers' Corner, um local aberto ao público onde os lisboetas poderão ir um dia por semana fazer perguntas e falar com os candidatos liberais".

Iniciativa Liberal coloca todo o programa e candidatos a Lisboa num carta - O partido instalou ainda um palco no cartaz que também servirá como "como Speakers' Corner, um local aberto ao público onde os lisboetas poderão ir um dia por semana fazer perguntas e falar com os candidatos liberais".

A menos de um mês da corrida às urnas, a Iniciativa Liberal (IL) apresentou, esta segunda-feira, o seu programa autárquico para a cidade de Lisboa. 

Para que todos possam consultar o programa, os liberais colocaram todo as suas propostas e todos os cabeças de lista dos órgãos municipais e das juntas de freguesia num único cartaz na Alameda D. Afonso Henriques.

O cartaz tem ainda um palco no qual as pessoas podem subir para ler o programa e que servirá "como Speakers' Corner, um local aberto ao público onde os lisboetas poderão ir um dia por semana fazer perguntas e falar com os candidatos liberais".

Bruno Horta Soares, candidato da IL à presidência da Câmara de Lisboa, assumiu como "o seu primeiro compromisso apresentar um 'Plano de Modernização da Câmara', 100 dias depois da data das eleições".

Para além da promessa de modernização, em comunicado, os liberais destacaram como "principais eixos do seu programa autárquico" as seguintes propostas: 

  • Devolver os 5% de IRS, a que a Câmara tem direito, aos lisboetas, colocando assim mais 120 milhões nos bolsos das famílias em 4 anos;
  • Baixar a taxa da Derrama Municipal de IRC a 0%, devolvendo cerca de 300 milhões para a economia em 4 anos;
  • Reduzir em 20% o tamanho da Câmara Municipal de Lisboa, promovendo um 'Choque de Simplificação Administrativo' na Câmara e a sua total digitalização; 
  • Reduzir em 50% os gastos em avenças e extras e reduzir em 50% os subsídios a empresas municipais;
  • Garantir licenciamento para projetos de habitação em 30 dias, com um pacote de simplificação para aumentar a oferta, minimizando a intervenção da Câmara na promoção e gestão imobiliária;
  • Redução drástica do número de taxas da cidade, bem como a garantia de licenciamento que cumpra sempre os prazos legais; 
  • Liberalizar o mercado dos transportes coletivos terrestres e marítimos;
  • Fazer de Lisboa uma Cidade Inteligente de referência mundial, desde os transportes aos museus e parques desportivos;
  • Estimular o desenvolvimento dos Guardas de Bairro(Guardas Noturnos/Diurnos)

"A eleição de vereadores liberais em Lisboa fará toda a diferença como fez a eleição de um deputado liberal no Parlamento e nos Açores. A ideia de poder haver propostas liberais e maior escrutínio na Câmara de Lisboa é assustador para muitos, sobretudo para os que prometem tudo grátis e para os que têm práticas pouco transparentes", argumentou ainda Bruno Horta Soares.

Leia Também: IL ataca "discurso trágico" e acusa Costa de misturar PS e o Estado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório