Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Bloco denuncia "atentado ambiental perigosíssimo" na Praia da Estela

A coordenadora do BE denunciou hoje existir um "atentado ambiental "perigosíssimo" na Póvoa de Varzim, referindo-se a uma "parede de sacos de plástico" na praia da Estela para "segurar" um campo de golfe "que nem devia ali estar".

Bloco denuncia "atentado ambiental perigosíssimo" na Praia da Estela

"Temos aqui um atentado ambiental perigosíssimo com muito plástico a fazer de conta que segura areias que não consegue segurar e o que está a fazer é a poluir o mar com todos os custos elevados que sabemos que tem", afirmou Catarina Martins, à margem de uma visita aquela praia, no distrito do Porto.

Segundo a bloquista, os sacos de plástico "foram postos pela empresa do campo de golfe que coloca sacos de uma forma ilegal".

"Não podia ter colocado aqueles sacos ali, não podia deixar os sacos deteriorarem-se, não está a fazer nada do que a lei obriga. Além disso, o campo de golfe nem sequer devia lá estar", considerou.

Isso porque, salientou, "o campo está em cima de uma duna primária".

"Nós não podemos dizer às pessoas que não podem ter as suas casas nas dunas porque é perigoso com a subida das águas do mar e as alterações climáticas, porque é perigoso e tem que ser alterado e depois dizermos que onde há grandes interesses económicos fica tudo intocado e pode estar um acampo de golfe em duna primária", defendeu.

Catarina Martins referiu ser um "compromisso do BE lutar por um Plano de Ordenamento da Orla Costeira que proteja as populações", apontando que "para isso é preciso ter regras claras".

A líder bloquista questionou ainda se o Governo sabe da situação real na Praia da Estela, tendo em conta a resposta às questões colocadas pelo BE em abril: "Detetamos dia 07 de abril que havia plástico espalhado pela praia, fizemos uma pergunta ao ministério ao Governo sobre o que se passava, sobre haver plástico na praia a ir para o mar", explicou.

"Recebemos agora a resposta do Governo e ficamos muito preocupados porque o Governo diz que os sacos de plástico não estão lá, que são sacos de ráfia e que a empresa do campo de golfe está a fazer tudo de acordo com as normas ambientais. Das duas uma, ou os técnicos do ambiente nunca vieram aqui e escreveram um relatório sem conhecer a realidade, ou vieram e estão a mentir", apontou.

O BE deixou a garantia que não deixará o assunto cair no esquecimento.

"Vamos dar conta do que vimos hoje novamente ao Governo, queremos explicações mas sobretudo queremos que aquele plástico saia dali", garantiu.

Leia Também: Bloco pede compromisso para "nem mais um metro de estufa" em Odemira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório