Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

"Pides cobardes". Políticos saem em defesa do eurodeputado Paulo Rangel

Vozes da Esquerda à Direita juntaram-se para apoiar o eurodeputado pelo PSD e condenar a gravação e difusão das imagens em que este surge embriagado após um "jantar de amigos".

"Pides cobardes". Políticos saem em defesa do eurodeputado Paulo Rangel

Depois de, nas redes sociais, ter começado a circular, esta semana, um vídeo onde o eurodeputado Paulo Rangel surge embriagado nas ruas de Bruxelas, diversos políticos vieram defender o social-democrata, denunciando quem filmou e partilhou as imagens. 

O próprio visado já reagiu e, no Twitter, começou por revelar que as imagens foram captadas "depois de um excesso num jantar de amigos, há anos" e só agora divulgadas.

Paulo Rangel disse desconhecer quem o fez e porque o fez, mas recordou que gravar e divulgar este tipo de imagens viola "os limites da vida privada". Além disso, lembra o eurodeputado, tal como canta Sérgio Godinho, em ‘Lisboa que Amanhece’, "todos temos glórias, terrores e aventuras". 

Isabel Moreira, deputada à Assembleia da República pelo PS, foi uma das personalidades que, também através das redes sociais, deu o seu apoio a Rangel, chamando de "Pides cobardes" a quem lhe fez isto. "O que fizeram ao Paulo Rangel é miserável. Ponto", acrescentou a socialista. 

O também deputado pelo PS Porfírio Silva juntou-se às vozes de indignação devido a esta situação, escrevendo no Facebook que "se acham que é muito de Esquerda propagandear o vídeo de Rangel, e usá-lo para o achincalhar, a vossa 'Esquerda' é muito à 'Direita'".

E questionou: "Acham que podem ser socialistas e democratas menosprezando os direitos humanos fundamentais, de cujo catálogo faz parte, obviamente, o direito à privacidade? Não perceberam ainda que é nesse caldo de cultura que medra o protofascista e quejandos?!"

Pedindo que não lhe "enviem mais o vídeo de Paulo Rangel", Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS, ressalvou que "a política faz-se do confronto de ideias e de projetos para a sociedade", assim como "na argumentação de pontos de vista". "Nunca, mas nunca pode ser o enxovalho ou o ataque pessoal!", dissertou nas redes sociais. 

"Não compactuo com a pequena política seja quem for o protagonista e mesmo quando dele discordo na sua visão do mundo. O direito à privacidade deve ser respeitado", ressalvou.

Fabian Figueiredo, membro da Comissão Política do Bloco de Esquerda, recorreu também ao Twitter para mostrar que está ao lado do eurodeputado neste caso. "O vídeo posto a circular do Paulo Rangel é indecoroso e só pode merecer a mais veemente condenação. Ninguém pode ser filmado sem a sua autorização. Praticamente tudo me separa do eurodeputado, ter noites em que ir a pé para casa demora mais tempo não. Abaixo a hipocrisia", asseverou.

Mas também do lado do PSD se levantaram vozes de apoio. O deputado Cristóvão Norte disse desconfiar "sobre a escabrosa intenção de quem colocou o vídeo online. "Só posso dizer que se estivesse com ele naquela altura teríamos rido e cantado. Quem nunca o fez que atire a primeira pedra, seus puritanos de meia tigela!", avançou ainda o deputado. 

O presidente da JSD, Alexandre Poço, demonstrou "total solidariedade" para com o eurodeputado, salientando que a "divulgação indecente do vídeo diz mais de quem o gravou/partilhou do que do visado, que está a viver a sua vida". "Chegará o momento em que não sobrará nenhum ser humano perfeito na fogueira pública das redes sociais. Força Paulo!"

Carlos Moedas, candidato pelo PSD à Câmara Municipal de Lisboa - e ex-eurodeputado - partilhou no Twitter um "abraço solidário e amigo" a Paulo Rangel, que apelidou de "um político superior e um homem livre".

Por sua vez, Carlos Abreu Amorim sublinhou: "Estou quase só nas redes onde transbordam seres perfeitos, imaculados, que nunca erraram e adoram sentenciar e exibir os pecadilhos dos outros. Mas que não chegam aos calcanhares do seu alvo. Vão à m****". 

Leia Também: Rangel reage a vídeo onde surge embriagado. "Todos temos aventuras"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório