Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Salvador Malheiro recandidata-se a Ovar com foco na habitação e ambiente

O presidente da Câmara Municipal de Ovar e também vice-presidente nacional do PSD apresenta hoje a sua candidatura a um terceiro mandato à frente dessa autarquia do distrito de Aveiro, anunciando-se focado na habitação e na neutralidade carbónica.

Salvador Malheiro recandidata-se a Ovar com foco na habitação e ambiente
Notícias ao Minuto

08:15 - 25/06/21 por Lusa

Política Autárquicas

Em declarações à Lusa, Salvador Malheiro diz-se "com uma enorme motivação e grande vontade de dar continuidade ao projeto inovador que está em curso em Ovar desde 2013, para proporcionar mais qualidade de vida às pessoas e aumentar o seu índice de felicidade".

"Basta comparar o que Ovar era antes de 2013 e a visibilidade que tem agora a nível nacional para se ver como o concelho evoluiu e tem sido positivo o nosso trabalho", defende.

Salvador Malheiro admite que "o mundo mudou, os tempos que aí vêm serão difíceis e é preciso ser-se criativo para superar o desafio", mas está otimista quanto a um eventual terceiro mandato porque tem "muitos projetos em curso e vários a serem preparados com o apoio de diversas entidades, como o Governo, a Polis Ria de Aveiro, a Comunidade Intermunicipal da Ria de Aveiro e o Ministério do Ambiente".

O autarca social-democrata destaca, contudo, duas grandes prioridades da sua futura intervenção: a habitação, sobretudo no que se refere a requalificar os fogos que são propriedade municipal, e a neutralidade carbónica, no que o objetivo é diminuir as emissões de dióxido de carbono nos 148 quilómetros quadrados do concelho.

"Não podemos perder tempo com experiências, temos que ser realistas e vamos fazer uma aposta muito grande na habitação que ainda precisa de obras. Temos 22 milhões de euros para isso na nossa Estratégia Local de Habitação, já identificámos uma série de fogos que não estão nas condições em que deviam e, depois do que fizemos [nos prédios municipais] na Praia de Esmoriz, no Bairro do SAAL e no Furadouro, vamos tratar das casas que falta recuperar noutros sítios", adianta Salvador Malheiro.

Quanto à questão ambiental, a expectativa do candidato a presidente da Câmara é "mais ambiciosa do que as metas nacionais", já que, "enquanto o Estado se propõe atingir a neutralidade carbónica só em 2050, em Ovar o problema é para se resolver ainda nesta década, até 2030".

Salvador Malheiro diz que já fez as contas: o município emite "200.000 toneladas de dióxido de carbono por ano, mas, graças ao pulmão verde que é a floresta entre Cortegaça e o Furadouro, 100.000 dessas toneladas já são capturadas pelo pinhal".

Quanto às restantes 100.000 que é preciso eliminar para se atingir a desejada neutralidade carbónica, o autarca aponta alguns aspetos que terão influência nessa tarefa.

Referindo que o concelho já dispõe de uma central fotovoltaica e "quer ter mais algumas", afirma que há "60 quilómetros de ciclovias no território" e que o uso da bicicleta vai ser mais estimulado, e promete continuar com os "trabalhos de reflorestação que já se vêm fazendo em diferentes zonas do concelho".

Outra medida prevista com o mesmo objetivo é a atribuição de apoios fiscais "a quem privilegiar construção de qualidade, que tenha em atenção as alterações climáticas e respeite ao máximo o ambiente".

Os restantes eixos de intervenção identificados por Salvador Malheiro para o período de 2021 a 2025 são "mais emprego, mais justiça social e inclusão, coesão territorial com menos assimetrias e a atração de novos públicos ao concelho através de eventos desportivos e culturais", sempre na perspetiva de "concretizar um projeto galvanizador que melhore a vida de todos".

As eleições autárquicas de 2021 ainda não têm data marcada, mas, segundo a lei, deverão realizar-se em setembro ou outubro.

A Câmara Municipal de Ovar é atualmente liderada com maioria absoluta por sete eleitos do PSD, face a dois vereadores do PS.

Além de Salvador Malheiro pelos sociais-democratas, outros cabeças de lista já anunciados na corrida à presidência do município com 55.400 habitantes são Mário Rui Natária pelo CDS-PP, Alcides Alves pelo PS e Carlos Alves pela CDU.

Leia Também: Câmara de Ovar foi alvo de buscas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório