Meteorologia

  • 24 JUNHO 2021
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 32º

Edição

"Enquanto as vacinas não chegarem a todo mundo não acaba a pandemia"

Marques Mendes comentou o plano de vacinação, depois ter sido quebrado o recorde diário ao serem administradas 129 mil doses, no sábado, e ter já sido dada uma previsão de chegada às 200 mil no fim de semana.

"Enquanto as vacinas não chegarem a todo mundo não acaba a pandemia"

Depois de, este sábado, ter sido batido um recorde diário na vacinação, com a administração de 129 mil doses e ter já sido feita a previsão de que chegariam às 200 mil durante o fim de semana, Luís Marques Mendes debruçou-se sobre o plano de vacinação, no seu espaço de comentário na SIC Notícias. 

"Foi mais um grande fim de semana", começou por dizer o social-democrata, referindo, no entanto, que "há um problema muito sério no mundo: a desigualdade entre países ricos e pobres". "É um problema muito sério", constatou o comentador, garantindo de seguida que "enquanto as vacinas não chegarem a todo mundo, incluindo aos países pobres, não acaba a pandemia".

Segundo o social-democrata "ficamos muito felizes cá dentro, mas temos um problema" pois "há novas variantes e agravam-se as desigualdades, a pobreza e a exclusão social, no mundo". Mas, tentando aliviar as más notícias, Marques Mendes quis fazer referência à doação de Portugal a Cabo Verde de 24 mil doses de vacinas contra a Covid-19, congratulando o Governo pela decisão.

"Tanto quanto sei, o primeiro-ministro quer que 5% das vacinas que temos disponíveis sejam no futuro atribuídas aos PALOP, o que é uma excelente ideia de solidariedade, de cooperação e que, ainda por cima, é nacional", revelou.

Vacinação em Portugal

Sobre a vacinação nacional, o antigo dirigente reconhece que "está a correr bem". "Estamos com uma média muito alta, muito importante e muito significativa e isso é bom", disse.

Segundo o comentador, no que diz respeito à vacinação por faixa etária, "provavelmente até ao próximo dia 10 de julho, que é o dia de Portugal ainda por cima, teremos, provavelmente, as pessoas acima de 50 anos todas vacinadas".

"Estes dados permitem-me concluir que vamos na boa direção, mas nada de facilitar", rematou.  

Leia Também: 'Task force' prevê que 200 mil pessoas sejam vacinadas este fim de semana

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório