Meteorologia

  • 23 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Economista Diogo Araújo Dantas é o candidato do PPM à Câmara do Porto

O economista Diogo Araújo Dantas, de 46 anos, é o candidato do Partido Popular Monárquico (PPM) à presidência da Câmara Municipal do Porto nas eleições autárquicas deste ano, anunciou hoje o partido.

Economista Diogo Araújo Dantas é o candidato do PPM à Câmara do Porto
Notícias ao Minuto

14:41 - 10/05/21 por Lusa

Política Autárquicas

Em comunicado, o PPM diz que Diogo Araújo Dantas, natural do Porto, "vai liderar uma candidatura que tem o propósito de devolver o papel nacional e [o] prestígio internacional que a cidade há muito merece e que, infelizmente, tem estado relegado ao de um pequeno burgo sem expressão", lembrando "que foi no Porto que nasceu o nome Portugal".

Em declarações à agência Lusa, o candidato e coordenador da Distrital do Porto do PPM revelou que o programa eleitoral, a ser apresentado posteriormente, terá sete eixos.

"Dois fazem parte da nossa marca: o ambiente e a defesa do património. Depois há outros cinco que fazem parte das preocupações dos portuenses: a ação social, a cultura, a segurança, a habitação e o trânsito", explica o candidato.

Diogo Araújo Dantas revelou ainda que Jorge Araújo, de 28 anos, "doutorando em Letras", vai ser o candidato do partido à Assembleia Municipal do Porto.

"O PPM é o futuro e ele faz parte do futuro do PPM, por isso escolhi Jorge Araújo para ser o nosso candidato à Assembleia Municipal", justificou.

Diogo Araújo Dantas disse ainda esperar ter candidaturas às Assembleias de Freguesia, "pelo menos a algumas".

A nota do anúncio da candidatura à Câmara do Porto acrescenta que o Porto "não é a cidade que procura negociar migalhas a Lisboa", mas sim "a cidade que construiu Portugal e que aceita Lisboa como sua capital, mas que não aceita perder a sua identidade global".

"O PPM não esgota a sua participação política apenas na questão de regime e caráter patriota, mas e´ tambe´m um partido que, desde a sua fundac¸a~o, logo apo´s o 25 de Abril, marcou a agenda em relac¸a~o a questo~es que, na altura, eram entendidas como menores, mas que hoje sa~o vistas como as essenciais para o progresso humano", pode ler-se no comunicado.

A Câmara do Porto é liderada pelo independente Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

Além do candidato do PPM, são já conhecidas as candidaturas de Ilda Figueiredo (CDU), Vladimiro Feliz (PSD), Sérgio Aires (Bloco de Esquerda) e André Eira (Volt Portugal).

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Leia Também: Autárquicas: CDU recandidata Ilda Figueiredo à Câmara do Porto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório