Meteorologia

  • 25 JUNHO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 33º

Edição

A "trapalhada" de Cabrita e a "ineptidão para o cargo"

A crítica ao ministro da Administração Interna é da líder parlamentar do PAN e na sua base está o caso Zmar.

A "trapalhada" de Cabrita e a "ineptidão para o cargo"

A forma como o ministro da Administração Interna lidou com a saída dos migrantes do complexo turístico do Zmar foi, aos olhos da líder parlamentar do PAN, uma "trapalhada". 

"A trapalhada a que assistimos na forma como Eduardo Cabrita lidou com a saída dos migrantes do Zmar é apenas mais uma a juntar ao seu já vasto currículo e latente ineptidão para o cargo", advoga Inês Sousa Real, numa publicação na rede social Twitter. 

"Como é que se tem mantido inabalável no Governo é que não se compreende, nem se pode aceitar", defende, ainda a parlamentar. 

Recorde-se que a Direita abriu a 'porta' à saída de Eduardo Cabrita do Governo, considerando que não reúne condições para se manter no cargo depois do caso Zmar ter eclodido. 

O presidente da Câmara de Odemira (Beja), José Alberto Guerreiro, disse hoje que já foram realojados 23 dos 49 trabalhadores agrícolas imigrantes que se encontravam no complexo turístico Zmar e na Pousada da Juventude de Almograve. 

Vale ainda lembrar que a necessidade de realojar os migrantes surgiu depois de, na sexta-feira, o Supremo Tribunal Administrativo ter admitido a providência cautelar interposta pelo advogado de proprietários de casas no Zmar. 

A requisição do Governo - "temporária" e justificada por "motivos de urgência e de interesse público e nacional" - da "totalidade dos imóveis e dos direitos a eles inerentes" que compõem o complexo turístico Zmar Eco Experience, na freguesia de Longueira-Almograve, destinava-se a alojar pessoas em confinamento obrigatório ou permitir o seu "isolamento profilático".

Um total de 49 imigrantes que trabalham na agricultura no concelho de Odemira, no distrito de Beja, todos com testes negativos para o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a Covid-19, tinham sido realojados, uns no Zmar e outros na Pousada da Juventude de Almograve, na quinta-feira de madrugada.

Leia Também: Vinte e três trabalhadores imigrantes já abandonaram Zmar e a pousada

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório