Meteorologia

  • 13 MAIO 2021
Tempo
21º
MIN 12º MÁX 21º

Edição

PCP avança com jornada sobre trabalho à margem do encontro europeu

O PCP anunciou hoje a realização de uma jornada sobre emprego e direitos dos trabalhadores, dias antes da Cimeira Social da União Europeia, no Porto, considerando necessário romper com as políticas europeias que intensificam e agravam desigualdades sociais.

PCP avança com jornada sobre trabalho à margem do encontro europeu
Notícias ao Minuto

18:53 - 03/05/21 por Lusa

Política Cimeira Social

"O PCP considera que a realização da chamada Cimeira Social deve constituir um momento para afirmar a necessidade de romper com as políticas de intensificação da exploração e de agravamento das desigualdades sociais promovidas pela UE [União Europeia]", defende o partido, numa nota enviada à imprensa.

Sob o lema "Em defesa do emprego e dos direitos dos trabalhadores, contra a exploração -- Não às imposições da União Europeia", o PCP vai organizar de 04 a 07 de maio um conjunto de iniciativas, entre as quais, conferências, audições, encontros e visitas, nos distritos de Braga, Bragança, Lisboa, Porto, Viana do Castelo e Vila Real.

Os comunistas apontam que a Cimeira Social europeia, marcada para os dias 07 e 08 de maio, no Porto, "tem lugar num momento em que a União Europeia (UE) continua a debater-se com uma profunda crise, em resultado das suas políticas e imposições -- nomeadamente no quadro do euro -- que, em função dos interesses das suas grandes potências e dos grupos económicos e financeiros, promovem a concentração e a centralização da riqueza e são responsáveis por desigualdades sociais e assimetrias de desenvolvimento entre países".

Políticas que, na opinião dos comunistas, "têm promovido o ataque aos direitos laborais e a outros direitos sociais, procurando impor mais gravosos patamares de exploração, de precariedade, de degradação das condições de vida, de empobrecimento".

"A mesma UE que não só não dá uma resposta adequada à situação de pandemia e às suas consequências sociais e económicas, como a utiliza como pretexto para impor novos retrocessos sociais", criticam.

O programa abre já na terça-feira (04 de maio), com a sessão «O trabalho e os trabalhadores: Garantir os direitos -- combater a exploração e a manipulação», no Centro de Trabalho Vitória, em Lisboa, com a participação de Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP e de João Ferreira, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP e ainda deputado no Parlamento Europeu.

Jerónimo de Sousa também marcará presença na conferência «Direitos Sociais e trabalho com direitos», que se realiza no dia 07 de maio, no Centro de Trabalho da Boavista, no Porto.

A jornada termina no dia 08, para o qual está marcada uma ação nacional de luta da CGTP-IN, sob o lema «Por uma Europa dos trabalhadores e dos povos, afirmar a soberania, lutar pelos direitos, mais emprego, produção nacional, salários e serviços públicos».

O secretário-geral do PCP já tinha defendido no passado dia 02 de maio que a Cimeira Social da União Europeia é "mais uma operação de branqueamento das suas políticas antissociais" e alertou que se aproximam "novas formas de desregulação laboral".

A Cimeira Social do Porto, que se realiza em 07 de maio e é seguida de um Conselho Europeu informal, a 08, pretende reforçar o compromisso dos Estados-membros, das instituições europeias, dos parceiros sociais e da sociedade civil com a aplicação do plano de ação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais.

Esta é segunda vez, em quatro presidências portuguesas do Conselho da UE, que a Europa Social está em destaque, depois de, em 2000, ter sido adotada a Estratégia de Lisboa, um compromisso de renovação económica, social e ambiental para uma Europa da inovação e do conhecimento.

Portugal exerce até 30 de junho a presidência do Conselho da UE, seguindo-se a Eslovénia.

Leia Também: PCP lamenta que requalificação da EN125 seja paga sem estar feita

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório