Meteorologia

  • 06 MAIO 2021
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

"Cada vez é mais evidente que a Democracia está doente"

Rui Rio recorreu ao Twitter para considerar que a Maçonaria defende "a opacidade com unhas e dentes". líder do PSD questiona: "Que precisam de esconder?"

"Cada vez é mais evidente que a Democracia está doente"

Rui Rio recorreu, esta quarta-feira, ao Twitter para fazer um comentário acerca da Maçonaria em Portugal. Partindo que uma notícia do Público que revelava que o Grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL), a mais antiga obediência maçónica nacional, avisou que os maçons irão desobedecer à lei que obrigue a declarar pertença à maçonaria, o presidente do PSD comentou a "opacidade" da questão. 

"Defendem a opacidade com unhas e dentes. Que precisam de esconder?", questionou o também líder da oposição. Para Rio, "cada vez é mais evidente" que o partido tem "razão" ao dizer "que esta falta de transparência é inaceitável". "Cada vez é mais evidente que a democracia está doente", terminou.

De lembrar que o PSD propôs, no mês passado, uma alteração legal para tornar obrigatório que deputados e titulares de cargos públicos declarem, no seu registo de interesses, se pertencem a associações e organizações "discretas" como a maçonaria e Opus Dei.

A proposta foi feita numa reunião da comissão parlamentar de Transparência e Estatuto dos Deputados em que estava previsto o debate do diploma apresentado pelo partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) para incluir no regime do exercício de funções dos titulares de cargos políticos "um campo de preenchimento facultativo" para indicarem se pertencem a esse tipo de organizações.

Se na proposta do PAN a declaração era facultativa, a proposta do PSD, apresentada pelo deputado André Coelho Lima, considera que, se é importante, deve ser obrigatório os deputados e titulares de cargos políticos declararem todas as associações a que pertencem, das associações de bairro a um clube desportivo.

"Se vamos considerar que é relevante, então devem declarar-se todas as associações", justificou. A lei, disse ainda, "é insuficiente como está" e "é preciso melhorá-la", em "nome da transparência democrática".

Leia Também: Casos sobre maçonaria que Lobo Xavier denunciou estão "sob investigação"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório