Meteorologia

  • 14 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Renúncia de autarca não desresponsabiliza PSD, defende PCP

O PCP de Vila Real de Santo António considerou hoje que a renúncia ao mandato da presidente da Câmara, que está acusada de corrupção, não anula a responsabilidade do PSD em 16 anos à frente do município.

Renúncia de autarca não desresponsabiliza PSD, defende PCP
Notícias ao Minuto

12:16 - 17/04/21 por Lusa

Política Conceição Cabrita

Conceição Cabrita (PSD) foi detida na terça-feira com outras três pessoas por suspeitas de corrupção na venda de um terreno em Monte Gordo, sendo depois libertada na quinta-feira à noite, depois de dois dias de diligências no Tribunal de Instrução Criminal de Évora, num processo que conta com oito arguidos.

"Estejam ou não diretamente relacionados os recentes acontecimentos com o processo de venda por ajuste direto de um terreno em abril de 2020 em Monte Gordo à empresa Saint Germain -- Empreendimentos Imobiliários SA [...] o que se impõe reafirmar é que, para lá de ilegalidades agora em investigação, estamos perante um percurso de desastre imposto pela gestão do PSD ao longo dos últimos 16 anos neste concelho", afirmou o PCP em comunicado.

A mesma fonte considerou que a "demissão anunciada" pela autarca Conceição Cabrita "não anula, no plano político, nem a gravidade dos factos que têm sido divulgados" sobre o caso, "nem a responsabilidade política do PSD na gestão que tem imposto ao concelho de Vila Real de Santo António".

O PCP sublinhou que aquela autarquia do distrito de Faro tem "uma das maiores dívidas municipais do país" e criticou opções da gestão autárquica do PSD, como a "privatização das águas e recolha de lixo" ou a introdução de parquímetros.

Para o PCP, esta gestão tem provocado "a degradação dos serviços públicos da autarquia, perante a sucessão de negócios e negociatas lesivas da população".

O partido defende, por isso, a necessidade de "assegurar uma nova gestão e uma nova equipa" municipal, que, "tal como a CDU, coloque o interesse público e o desenvolvimento do concelho à frente de interesses particulares".

O negócio imobiliário que esteve na origem das quatro detenções, na terça-feira, envolveu a venda de um terreno em Monte Gordo por 5,6 milhões de euros, aprovada em Assembleia Municipal no dia 03 de abril de 2020, com os votos a favor do PSD e contra da bancada do PS e da CDU.

Na quarta-feira, o deputado socialista António Gameiro confirmou à Lusa que a Polícia Judiciária tinha feito buscas às suas duas casas e ao escritório onde é consultor, no âmbito deste mesmo processo.

Na quinta-feira, a Câmara de Vila Real de Santo António informou que Conceição Cabrita ia renunciar ao mandato autárquico com "efeitos imediatos".

O tribunal decretou a proibição de Conceição Cabrita contactar com os demais arguidos ou funcionários da Câmara municipal, onde também está impedida de entrar.

Leia Também: Empresário nega subornos em processo que envolve autarca algarvia

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório