Meteorologia

  • 19 MAIO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Medina ousou "sair do terreno pantanoso do politicamente correto"

Ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes elogia Fernando Medina por ter quebrado o silêncio do PS em relação ao caso Sócrates.

Medina ousou "sair do terreno pantanoso do politicamente correto"

Adalberto Campos Fernandes manifestou-se esta quarta-feira em relação à Operação Marquês, enaltecendo o facto de Fernando Medina ter quebrado o silêncio em relação  a José Sócrates, ao considerar que o comportamento de José Sócrates "corrói o funcionamento da vida democrática".

"Fernando Medina merece o meu respeito por ter ousado sair do terreno pantanoso do politicamente correto. A pior coisa que se pode fazer pelo Estado de direito é desistir de o defender", escreveu o ex-ministro do PS. 

Adalberto Campos Fernandes acrescentou, numa publicação feita no Facebook, que "o que corrói a democracia é a pretensa ideia de que existem muros estanques na sociedade".

"A ideia perigosa de que a democracia sobrevive a tudo mesmo à negação dos seus valores. O facto de existir um tempo e um espaço próprios da justiça não desobriga a política das suas responsabilidades. A democracia enfraquece quando perde o suporte da integridade e da ética", rematou. 

Já esta quarta-feira, em entrevista à TVI, José Sócrates disse que que as declarações do autarca de Lisboa "são de uma profunda canalhice", acusando a direção do PS de ter sido o "mandante" daquela tomada de posição. 

O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal decidiu levar a julgamento os arguidos José Sócrates, Carlos Santos Silva, pronunciados por três crimes de branqueamento de capitais e outros três de falsificação de documentos cada um; o ex-presidente do BES Ricardo Salgado, por três crimes de abuso de confiança; o ex-ministro Armando Vara, por branqueamento de capitais e João Perna, o ex-motorista do antigo primeiro-ministro, por posse de arma proibida.

A decisão do juiz ficou muito aquém do pedido pelo Ministério Público que tinha acusado 28 arguidos, entre os quais nove empresas, de um total de 188 crimes económicos e financeiros, entre os quais corrupção e fraude fiscal.

Leia Também: José Sócrates: "O juiz não me declarou corrupto"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório