Meteorologia

  • 22 ABRIL 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

"O oportunismo do PSD é que abre a porta ao extremismo de direita"

Líder da bancada parlamentar do Bloco de Esquerda diz que a escolha de Suzana Garcia para concorrer pelo PSD à autarquia da Amadora "afirma uma estratégia pensada".

"O oportunismo do PSD é que abre a porta ao extremismo de direita"

Foi já durante a madrugada de hoje que a Comissão Política Nacional do PSD aprovou a candidatura da advogada e ex-comentadora televisiva Suzana Garcia à Câmara Municipal da Amadora. 

Reagindo à decisão dos social-democratas, Pedro Filipe Soares acusou o PSD de "oportunismo eleitoral" e de abrir a porta à extrema-direita. 

"Rui Rio prometia um 'banho de ética' mas foi uma banhada. Se Ventura como candidato do PSD podia ter sido um erro, a escolha de Suzana Garcia à Amadora afirma uma estratégia pensada. O oportunismo eleitoral do PSD é quem abre a porta ao extremismo de direita", comentou o parlamentar bloquista. 

Como comentadora na TVI, sublinhe-se, a advogada  manifestou posições polémicas como o apoio à castração química para pedófilos reincidentes, que tem sido defendida em Portugal pelo partido Chega.

De acordo com a revista Visão, a agora candidata do PSD foi convidada pelo partido liderado por André Ventura para entrar na corrida autárquica, tendo recusado o convite. Na rede social Twitter, o líder do Chega elogiou na semana passada a escolha de Rui Rio para a Amadora, numa altura em que Suzana Garcia ainda não tinha sido confirmada pela direção. 

O PSD agendou para esta quarta-feira à tarde uma conferência de imprensa na sede do partido, em Lisboa, onde serão anunciados novos candidatos às próximas eleições autárquicas. 

Leia Também: Direção do PSD aprova candidatura de Suzana Garcia à Amadora

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório