Meteorologia

  • 15 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 22º

Edição

Conselho Nacional do CDS aprova novo vice-presidente e vogais da direção

O Conselho Nacional do CDS-PP, órgão máximo entre congressos, aprovou hoje os novos membros da direção propostos pelo líder centrista, entre os quais o vice-presidente Pedro Melo e uma dezena de vogais da Comissão Política Nacional.

Conselho Nacional do CDS aprova novo vice-presidente e vogais da direção
Notícias ao Minuto

06:16 - 05/03/21 por Lusa

Política CDS

A lista com os 11 nomes propostos por Francisco Rodrigues dos Santos foi aprovada esta madrugada com 120 votos a favor, 45 votos contra, 22 abstenções e nenhum voto nulo, transmitiram à Lusa várias fontes presentes na reunião.

O presidente do CDS-PP propôs Pedro Melo para suceder ao antigo vice-presidente Filipe Lobo d'Ávila, que se demitiu no final de janeiro, bem como vários dirigentes concelhios e distritais para ocupar os lugares de vogais da Comissão Política Nacional que ficaram vagos na sequência das demissões que ocorreram maioritariamente entre o final de janeiro e o início de fevereiro, depois de o antigo vice-presidente Adolfo Mesquita Nunes ter proposto a realização de um congresso eletivo antecipado.

Foram eleitos vogais do órgão mais alargado da direção Ricardo Silva (presidente da distrital de Aveiro), Paulo Sousa (presidente da distrital de Viana do Castelo), Jorge Alexandre Almeida (presidente da distrital de Coimbra), António Pinto Moreira (presidente da concelhia de Oliveira de Azeméis), Jorge Santos (presidente da concelhia de Loures e que será candidato à câmara municipal), João Pedro Galhofo (presidente da concelhia de Odivelas), José Marcelo Mendes Pinto (antigo deputado e presidente do plenário concelhio do Porto), Rui Tabarra e Castro (secretário da concelhia de Oeiras), Margarida Bentes Penedo (deputada municipal em Lisboa) e José Paulo Areia de Carvalho (antigo deputado e membro da concelhia do Porto).

De acordo com conselheiros ouvidos pela Lusa, as eleições autárquicas foram um dos temas abordados na reunião, apesar de não constar da ordem de trabalhos, tendo o eurodeputado Nuno Melo contestado que a eventual coligação PSD/CDS-PP à Câmara Municipal de Lisboa não seja encabeçada por um centrista, uma vez que o CDS-PP teve melhor resultado na capital em 2017.

O social-democrata Carlos Moedas foi anunciado na semana passada como candidato do PSD à câmara da capital, tendo o líder do CDS dito aos jornalistas que o seu nome merecia "um sólido consenso" para encabeçar uma candidatura conjunta.

Na reunião do Conselho Nacional desta noite, o presidente do CDS-PP anunciou ter solicitado a convocação com urgência de uma nova reunião ordinária do órgão máximo entre congressos, para o partido debater as eleições autárquicas e aprovar os regulamentos, disseram as mesmas fontes.

Alguns conselheiros afirmaram que o líder apontou igualmente que o CDS está a negociar liderar coligações em algumas autarquias nas quais teve votação inferior à do PSD há quatro anos.

Centristas que participaram no Conselho Nacional disseram também que Rodrigues dos Santos pediu aos dirigentes que "confiem e acreditem na boa fé da direção" e que as estruturas locais trabalhem "em conjunto" com a liderança.

O centrista salientou ainda que o calendário do processo autárquico está ao nível de outros anos e que está a ser desenvolvida uma "abordagem minuciosa ao acordo-quadro" que vai ser assinado "nos próximos dias" com o PSD, para permitir um "aproveitamento maior" e a "rentabilização das coligações".

Francisco Rodrigues dos Santos disse ainda que "nos próximos dias" será apresentada a nova composição da comissão executiva, que também teve baixas, bem como "algumas remodelações" no gabinete de estudos, indicaram as fontes, que referiram que o presidente centrista apontou que não vê Adolfo Mesquita Nunes, João Almeida ou Nuno Melo "como adversários".

O Conselho Nacional do CDS-PP esteve reunido através de videoconferência e à porta fechada, desde cerca das 21:00 de quinta-feira até perto das 02:30 de hoje, tendo como único ponto da ordem de trabalhos a eleição dos novos membros da Comissão Política Nacional.

Leia Também: Líder do CDS-PP anuncia Pedro Melo como novo vice-presidente do partido

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório