Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 18º

Edição

"É tempo de olhar para desconfinamento geral", diz o PEV

A deputada de "Os Verdes" Mariana Silva defendeu hoje que "é tempo de olhar para o desconfinamento geral", após a 16.ª reunião de peritos e responsáveis políticos sobre a pandemia de covid-19.

"É tempo de olhar para desconfinamento geral", diz o PEV
Notícias ao Minuto

18:39 - 22/02/21 por Lusa

Política Covid-19

Numa declaração registada em vídeo e distribuída à comunicação social, a parlamentar ecologista ressalvou "há um longo caminho a percorrer-se" e que o alívio das restrições sanitárias tem de ser feito "de forma controlada para não dar passos atrás".

"É tempo, perante estes números positivos, de olhar para um desconfinamento geral e de nos prepararmos para isso. Em geral, a população respondeu ao confinamento exigido e, agora, é necessário que se dê as ajudas aos trabalhadores, pequenos e médios empresários, trabalhadores da cultura", afirmou.

Mariana Silva declarou que há que "olhar para o transporte público, aumentar a sua possibilidade e criar condições de segurança, nas escolas, nas habitações, nos centros de saúde e cuidados primários".

"Mais uma vez ficou claro que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi capaz de dar resposta e é necessário que o Governo dê cumprimento ao que está estabelecido no Orçamento do Estado e reforce o SNS para poder continuar a dar resposta", disse.

Portugal registou uma "descida muito significativa e expressiva da incidência" de covid-19 nos últimos 14 dias e tem já "vastas áreas do território" com menos de 240 casos por 100 mil habitantes, revelou hoje o especialista da Direção-Geral da Saúde (DGS), André Peralta Santos.

Os encontros do Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) reúnem epidemiologistas, especialistas em saúde pública e responsáveis da hierarquia do Estado, dirigentes políticos e parceiros sociais.

Portugal registou hoje 61 mortes relacionadas com a covid-19 e 549 novos casos de infeção com o novo coronavírus, o número mais baixo desde 06 de outubro de 2020.

O atual estado de emergência devido à terceira vaga de epidemia de covid-19 termina às 23:59 de 01 de março. A próxima renovação terá efeitos entre 02 e 16 de março.

Ao abrigo do estado de emergência, o Governo impôs um dever geral de recolhimento domiciliário e a suspensão de um conjunto de atividades, desde 15 de janeiro.

Em Portugal, já morreram mais de 15 mil doentes com covid-19 e foram contabilizados até agora mais de 797 mil casos de infeção com o novo coronavírus que provoca esta doença, de acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Leia Também: AO MINUTO: Desconfinamento? "Não podemos passar de um extremo ao outro"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório