Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

CDS/Madeira quer que primeira visita de Marcelo seja à região autónoma

O CDS-PP/Madeira felicitou hoje Marcelo Rebelo de Sousa pela reeleição nas presidenciais de domingo e considerou que a sua primeira visita institucional deve ser à região autónoma, onde obteve o melhor resultado do país - 72,16%.

CDS/Madeira quer que primeira visita de Marcelo seja à região autónoma
Notícias ao Minuto

13:59 - 25/01/21 por Lusa

Política Presidenciais

"Na Madeira, o professor Marcelo Rebelo de Sousa teve o melhor resultado de todo o país, nestas eleições. E, neste sentido, o CDS espera que o atual Presidente da República, na sua primeira viagem institucional, venha à região", disse o líder do grupo parlamentar centrista, António Lopes da Fonseca, em conferência de imprensa no parlamento regional.

O responsável indicou que o CDS-PP foi um dos partidos que apoiou oficialmente a candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa, vincando que a sua reeleição "irá permitir que haja estabilidade" no país.

"Consideramos que esta foi uma votação sensata", afirmou Lopes da Fonseca, reforçando: "O povo da Madeira, para além de ter tido uma abstenção reduzida comparativamente ao resto do país [57,29%], demonstrou que quer que o professor Marcelo Rebelo de Sousa esteja atento ao relacionamento institucional entre o Governo da Região e o Governo da República, que não tem sido o melhor nos últimos meses."

Os centristas madeirenses desafiam, por isso, o Presidente reeleito a visitar o arquipélago, para "demonstrar gratidão".

"Foi nesta região que o professor Marcelo teve o melhor resultado de todo o país, nestas eleições. E foi, também, nesta região que, quem ficou em segundo lugar, não conseguiu atingir os dois dígitos em termos de votação", realçou Lopes da Fonseca.

Na Região Autónoma da Madeira, Marcelo Rebelo de Sousa obteve 72,16% dos votos, seguindo-se André Ventura com 9,85%, Ana Gomes com 7,88%, Marisa Matias com 4,26%, Tiago Mayan Gonçalves com 2,30%, Vitorino Silva com 1,84% e João Ferreira com 1,72%.

O CDS-PP, que integra o governo regional em coligação com o PSD, pretende agora "sensibilizar" o Presidente da República para três matérias que considera fundamentais para a região autónoma, nomeadamente a revisão da Constituição, a criação de um regime fiscal próprio e a revisão da Lei das Finanças Regionais.

"Neste sentido, o CDS apela ao senhor Presidente da República, neste segundo mandato, que tenha mais atenção a esta necessidade que o povo desta terra tem em aprofundar a sua autonomia, em ter um novo regime fiscal e, por essa mesma razão, deve deslocar-se à região, passar aqui mais do que um dia, não apenas umas horas, para ter conhecimento real desta realidade", declarou Lopes da Fonseca.

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos.

Segundo os dados da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral, Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%.

André Ventura surge em terceiro, com 11,90%, seguido de João Ferreira, com 4,32% e de Marisa Matias, com 3,95%.

O estreante Tiago Mayan Gonçalves obteve 3,22% dos votos e Vitorino Silva, na segunda vez que se candidata à presidência da República, foi o candidato menos votado, com 2,94%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório