Meteorologia

  • 18 ABRIL 2021
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 24º

Edição

PEV elogia capacidade de João Ferreira de "alargamento" a vários setores

A dirigente do Partido Ecologista "Os Verdes" Heloísa Apolónia, que foi mandatária da candidatura de João Ferreira, destacou a capacidade da candidatura comunista de "alargamento" a diversos quadrantes, "incluindo partidários", classificando-a como "pedagógica e esclarecedora".

PEV elogia capacidade de João Ferreira de "alargamento" a vários setores
Notícias ao Minuto

00:27 - 25/01/21 por Lusa

Política Presidenciais

"Valorizamos muito a forma como decorreu a campanha eleitoral do Joao Ferreira, foi absolutamente extraordinária, os Verdes estiveram envolvidos também nessa campanha eleitoral", disse Heloísa Apolónia, em declarações à agência Lusa, como dirigente do PEV, sendo que também foi mandatária nacional da candidatura do eurodeputado comunista.

Para a dirigente e ex-deputada na Assembleia da República na bancada do PEV, esta foi uma campanha "muito pedagógica, muito esclarecedora, designadamente quanto à importância da Constituição da República Portuguesa".

"Teve também uma outra característica que eu gostava de assinalar que foi uma capacidade de alargamento a diversos setores, a diversos quadrantes incluindo partidários, de diferentes democratas que eu acho que é também de assinalar", destacou.

Questionada sobre a 'performance' eleitoral das campanhas à esquerda, Heloísa respondeu que "as diferentes candidaturas contribuíram da forma que contribuíram para o esclarecimento da população e para a mobilização".

Admitindo que gostava que a candidatura de João Ferreira "pudesse ter ido mais longe", a dirigente realçou dois fatores que "podem ter desmobilizado alguns votos relativamente àquela que era, no fundo, a verdadeira convicção e identificação de alguns eleitores relativamente aos candidatos".

A mandatária deu como exemplos "o facto de se ter colocado a questão e feito alguma dramatização em torno disso, da possibilidade de haver uma segunda volta da parte de Marcelo, condicionando de facto para que não houvesse essa segunda volta" e ainda a questão da disputa pelo segundo e terceiro lugar.

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos, segundo os resultados provisórios apurados em todas as 3.092 freguesias.

Segundo os dados da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral, Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%.

Para a décima eleição do Presidente da República, desde a instauração da democracia em 25 de Abril de 1974, estavam inscritos 10.865.010 eleitores, mais 1.208.536 do que no sufrágio anterior, em 2016.

Foram sete os candidatos ao Palácio de Belém: Além do atual Presidente e recandidato, Marcelo Rebelo de Sousa, apoiado pelo PSD e CDS-PP, Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, João Ferreira (PCP e PEV) e antiga eurodeputada do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório