Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 4º MÁX 14º

Edição

Comunistas arrancam em janeiro com preparação das autárquicas

O dirigente comunista Armindo Miranda apontou hoje o início do próximo ano como data para o início do trabalho do partido rumo às eleições autárquicas, marcadas para outubro de 2021, e disse esperar um "grande resultado".

Comunistas arrancam em janeiro com preparação das autárquicas
Notícias ao Minuto

12:38 - 28/11/20 por Lusa

Política PCP/Congresso

No segundo dia do XXI Congresso do PCP, o dirigente comunista Armindo Miranda interveio para definir as linhas de trabalho prioritárias para as eleições autárquicas, apontando janeiro de 2021 como a data de início desse trabalho.

"Camaradas, estas linhas de trabalho, não são para ter início lá para maio ou junho, é já a partir do inicio do ano [2021] que temos que fazer este trabalho , de forma decidida e determinada", declarou.

Assim, de forma a "proporcionar a um número mais alargado de portugueses os benefícios da gestão distintiva da CDU" [coligação PCP/PEV], as linhas de trabalho do partido, segundo o dirigente, terão que passar, "no imediato", pela "ação autárquica marcada pela proximidade", reforçando e criando comissões de concelhia e de freguesia, "responsabilizando camaradas e amigos com tarefas concretas".

Nas autarquias onde estão em maioria, será prioritário "prestar contas à população", "divulgar o trabalho da CDU" e "valorizar a obra realizada", fundamentando "os atrasos ou insuficiências da autarquia".

Em câmaras ou juntas de freguesia em que a força política do PCP é menor, o dirigente considera necessário "prestar contas à população" da atividade, como "as propostas apresentadas nos órgãos autárquicos e o resultado das votações".

Sem estabelecer objetivos eleitorais concretos, o PCP pretende "consolidar e reforçar a sua força com mais votos e mais mandatos", concorrendo a todos os órgãos municipais e ao "maior numero de freguesias possível", afirmando esperar "um grande resultado".

Referindo que, em 2017, participaram nas listas da CDU às autarquias "cerca de 12 mil independentes", Armindo Miranda considerou que o partido tem condições "para manter ou mesmo reforçar essa participação".

Nas eleições autárquicas de 2017, os comunistas conseguiram maioria em 24 Câmaras Municipais, incluindo Loures, tendo obtido 489.089 votos.

Leia Também: PCP. Comunicado incumprimento financeiro por eleitos para cargos públicos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório