Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

OE2021: PSD/Madeira apoia posição dos seus três deputados na AR

O PSD/Madeira afirmou hoje que os deputados eleitos pela Região na Assembleia da República continuarão a tomar "todas as posições políticas que se imponham", em função da avaliação política "em cada momento".

OE2021: PSD/Madeira apoia posição dos seus três deputados na AR
Notícias ao Minuto

19:47 - 26/11/20 por Lusa

Política OE2021

Em comunicado, o líder do PSD/Madeira assegurou que os deputados regionais "estão, como sempre estiveram ao serviço do povo Madeirense e dos superiores interesses da Região" e que continuarão "a tomar todas as posições políticas que se imponham, para defender a Madeira".

Na perspetiva do líder do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, foi o que sucedeu de manhã, hoje, na votação do Orçamento do Estado para 2021, em que os deputados sociais-democratas eleitos pela região votaram num primeiro momento desalinhados com a direção da bancada numa proposta de alteração e instantes depois mudaram o sentido de voto.

Ainda no período de votações na especialidade, e num primeiro momento, os três deputados eleitos pela Madeira votaram, ao lado do PS, contra uma proposta de alteração para anular a transferência de 476 milhões de euros do Fundo da Resolução destinada ao Novo Banco. A proposta, que teve os votos favoráveis do PSD, foi dada como rejeitada.

Contudo, instantes depois, a deputada do PSD/Madeira Sara Madruga da Costa pediu "só um momento" enquanto falava ao telefone e informou em seguida a mesa que os três deputados eleitos pelo PSD/Madeira mudavam o sentido de voto para o voto a favor, ao lado da direção do PSD.

Perante a confusão instalada, e que mereceu críticas por parte do presidente da Assembleia da República, o deputado do PSD Duarte Pacheco sugeriu para que se repetisse a votação e a proposta acabaria por ser aprovada.

O Orçamento do Estado para 2021 foi aprovado em votação final global apenas com os votos favoráveis do PS, e com a abstenção do PCP, PEV, PAN e das duas deputadas não inscritas.

Votaram contra os deputados do PSD, BE, CDS, Iniciativa Liberal e Chega.

"Neste contexto, e numa altura em que a Região e o seu Governo têm atuado praticamente sem nenhuma ajuda do Estado português, quer no quadro da luta contra a pandemia, quer na resposta social e económica, a posição dos Deputados do PSD/Madeira dependerá sempre da avaliação política em cada momento", lê-se, no comunicado da estrutura social-democrata da Madeira.

No comunicado, o responsável do PSD madeirense realça que "idênticas tomadas de posição (como por exemplo no Orçamento Retificativo de 2015 e no Orçamento de Estado de 2020), dissonantes da posição do partido a nível nacional, não são inéditas".

Este tipo de posturas por parte dos parlamentares eleitos pela Madeira apenas "confirmam o único compromisso dos nossos eleitos: o de colocar a Madeira em primeiro lugar", disse Miguel Albuquerque, que não avança qualquer razão para a mudança de sentido de voto dos deputados madeirenses eleitos pela região.

Questionado no parlamento sobre a mudança de voto dos deputados do PSD/Madeira, o presidente do PSD, Rui Rio, disse não fazer "a mínima ideia" das razões na base deste comportamento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório