Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

PCP vai abster-se na votação do Orçamento do Estado para 2021

Decisão foi comunicada hoje em conferência de imprensa por João Oliveira. Esta posição do PCP viabiliza o documento.

PCP vai abster-se na votação do Orçamento do Estado para 2021

O PCP vai abster-se na votação final do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), na quinta-feira, na Assembleia da República, anunciou hoje o líder parlamentar comunista, João Oliveira, em conferência de imprensa. Esta posição dos comunistas viabiliza o documento. 

"Como sublinhámos desde o início, quer a proposta do Orçamento quer as opções do Governo que estão para lá do Orçamento, não correspondem às exigências que se colocam ao país", declarou, acrescentando que a "dimensão da gravidade" que Portugal enfrenta "levou a que o PCP não desistisse para encontrar soluções".

O conjunto das propostas que o partido apresentou ao longo das últimas semanas, referiu ainda João Oliveira, "a serem aprovadas integralmente, teriam possibilitado encontrar nos vários domínios da vida económica, social e cultural as soluções necessárias"

Apesar de não ser o que o defendia para o Orçamento, as propostas do PCP aceites pelo Governo do PS permitem "uma resposta mais efetiva aos muitos problemas que a situação" do país coloca e "abrem caminho para que muitos outros não fiquem sem resposta", afirmou João Oliveira, numa conferência de imprensa no parlamento, na véspera da votação final global

É uma abstenção que garante "importantes propostas e soluções pelas quais" o PCP se bateu, com "tradução na vida dos trabalhadores e do povo", mas também traduz "um distanciamento face a opções e critérios" o Governo das quais discorda, acrescentou.

Também o Partido Ecologista Os Verdes (PEV) se vai abster na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), na quinta-feira, na Assembleia da República, disse hoje à Lusa fonte oficial.

De lembrar que também hoje a Comissão Política do BE defendeu a manutenção do voto contra na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 com o argumento de que "o processo parlamentar não melhorou a proposta" suficientemente para a poder viabilizar.

A apreciação e votação do Orçamento do Estado para 2021 na especialidade ficou marcada para a semana de 23 a 26 de novembro, dia em que a Assembleia da República fará a votação final global do documento.

[Última atualização às 21h14]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório